Os portugueses, em 2018, viajaram mais "cá dentro"

Os portugueses, em 2018, viajaram mais "cá dentro"
O Turismo.PT

No último trimestre de 2018 as viagens turísticas dos portugueses registaram um crescimento de 6,3%, para as 5,1 milhões de viagens.

 

O maior crescimento registou-se nos destinos internacionais com 30,8%, sendo que as deslocações nacionais continuam a ser as que têm o maio peso, com 87,7% das viagens totais, segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE)

A visita a familiares ou amigos foi a principal razão para as viagens dos portugueses. No total, e sob esta justificativa, realizaram-se 2,5 milhões, no entanto registou-se uma redução de 5,3 pontos percentuais na sua representatividade, ou seja 49,3% do total.

A segunda razão é em lazer, recreio ou férias e verificou um aumento de 14,9% ou mais 2,7 pontos percentuais na representatividade de 35,9%. Em termos de viagens isso correspondeu a 1,8 milhões.

No que se refere a alojamento os hotéis e similares asseguraram 21,9% do total de dormidas no quarto trimestre. Já o alojamento particular gratuito, apesar de se manter como a principal opção de alojamento perdeu 9,2 pontos percentuais na sua representatividade, segundo os dados do INE

Na análise global de 2018, os dados revelam que as viagens realizadas pelos portugueses aumentaram 4,2% para um total de 22,1 milhões.

No que concerne aos destinos os internacionais foram os que mais cresceram – 13,3% versus os 3,2% referentes às deslocações nacionais.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade