Canceladas peregrinações ao Santuário de Fátima devido ao COVID-19

Os responsáveis do Santuário de Fátima decidiram suspender os retiros com doentes e as peregrinações até à Páscoa.

No comunicado do Santuário referem que "estão a avaliar o evoluir da situação diariamente, não tendo, até ao momento, sentido a necessidade de cancelar as celebrações previstas no seu programa oficial", referindo que "foi delineado um plano de contingência, que vai acompanhando as recomendações da Direcção-Geral de Saúde e sendo ajustado em face das necessidades".

Neste contexto, em articulação com o Movimento da Mensagem de Fátima (MMF), foram suspensos os três turnos de retiros: o primeiro estava agendado para o passado dia 10, com doentes da diocese de Viana do Castelo, o segundo, entre 26 e 29 de Março, para doentes da diocese Leiria-Fátima, e o terceiro, entre 02 e 05 de Abril, com doentes da diocese do Porto, noticiou o Jornal de Notícias.

Em relação às peregrinações, foram canceladas "por iniciativa própria dos grupos" as peregrinações nacionais da Fraternidade Nuno Álvares (14 de Março); do Verbo Divino (14 e 15 de Março) e da Federação Nacional do Folclore (22 de Março). Até agora, também cancelaram a deslocação à Cova da Iria pelo menos 31 grupos de peregrinos, maioritariamente oriundos da Ásia.

Para os próximos dias 12 e 13 de Março estão previstas as celebrações da peregrinação mensal promovida pelo Santuário, que incluem uma oração na Capelinha das Aparições, seguida de procissão das velas, e realização de uma missa na Basílica da Santíssima Trindade. De acordo com informações prestadas ao JN, até indicações em contrário, o programa é para manter.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade