Afonso Antunes, Frederico Morais e Vasco Ribeiro procuram o título

Bom Petisco Cascais Pro, que contará com a participação de Afonso Antunes, Frederico Morais e Vasco Ribeiro, com call pelas 08:00 na Praia do Guincho “para a decisão do título máximo do Surf em Portugal “

O Bom Petisco Cascais Pro, quinta e última etapa da Liga MEO Surf 2020, a principal prova de surf em Portugal e a que decide os títulos nacionais, vai ter a primeira chamada pelas 08:00 desta quinta-feira, na Praia do Guincho.

Tudo em ordem para que comece a luta pelo título nacional masculino, onde “Afonso Antunes, Frederico Morais e Vasco Ribeiro chegam como candidatos e a depender apenas deles próprios para se sagrarem campeões nacionais”.

Não esquecendo, no entanto, Teresa Bonvalot que ancipadamente já garantiu a sua posição pelo lado feminino.

Ranking Liga MEO Surf 2020 – Candidatos ao Título:

1º Lugar – Afonso Antunes: 3.200 pontos (venceu a 2ª etapa)

2º Lugar – Frederico Morais: 3.190 pontos (venceu a 1ª etapa)

3º Lugar – Vasco Ribeiro: 3.000 pontos (venceu as 3ª e 4ª etapas)

O quadro de competição do Bom Petisco Cascais Pro também já é conhecido, onde Afonso, Kikas e Vasco já sabem quem vão defrontar no início “desta luta a três que promete ser explosiva”.

Afonso Antunes, de apenas 17 anos, chega ao Guincho com a licra amarela de líder do ranking nacional, mas com Frederico Morais e Vasco Ribeiro, 2.º e 3.º classificado, respectivamente, bem perto e a escassos pontos.

Destaques Quadro masculino – Round 1:

H8: Afonso Antunes x Matisse Verworst x Santiago Graça x Trialista

H9: Frederico Morais x Daniel Nóbrega x Vasco Veloso x Trialista

H16: Vasco Ribeiro x José Maria Bispo x Joaquim Chaves x Trialista

Destaques Quadro Feminino – Round 1:

H3: Camilla Kemp x Leonor Fragoso x Benedita Teixeira x Erica Máximo

H5: Teresa Bonvalot x Mariana Assis x Matilde Costa

Afonso Antunes, líder do ranking nacional, comenta: “O Frederico Morais e o Vasco Ribeiro são surfistas de topo, por isso vai ser super difícil vencer esta luta. Parto na frente, mas por poucos pontos, o que torna esta luta complicada e equilibrada. Não sinto qualquer pressão, pois penso que não me cabe a mim ter essa pressão. A única coisa em que tenho de me focar é em continuar na frente. Foi coisa que consegui fazer nas últimas três etapas e tenho confiança para voltar a fazê-lo.”


Por seu lado, Frederico Morais, 2.º classificado do ranking nacional refere:

Esta vai ser uma etapa muito renhida. Tanto o Vasco Ribeiro como o Afonso Antunes são óptimos surfistas. Sinto-me preparado e confiante, com vontade de competir em casa, neste ano tão atípico, mas com esperança que em breve a competição internacional também regresse ao normal.


Vasco Ribeiro, 3.º classificado do ranking nacional afirma:“Vai ser ótimo poder competir pelo título frente ao Afonso Antunes e ao Frederico Morais. Penso que vai ser das disputas mais emocionantes que me lembro. Até porque é ótimo ter um surfista da nova geração, como o Afonso Antunes, já a competir contra mim e contra o Kikas. Isso também me dá muita motivação. Espero que as coisas corram bem para o meu lado.”


Cenários Título Nacional Masculino:

– Se Afonso Antunes ganhar a etapa é campeão nacional;

– Se Frederico Morais ganhar a etapa é campeão;

– Se Vasco Ribeiro ganhar a etapa é campeão;

– Se Afonso Antunes terminar no 2.º posto, Frederico Morais/Vasco Ribeiro tem de vencer a etapa para ser campeão;

– Se Afonso Antunes terminar no 3.º posto, Frederico Morais/Vasco Ribeiro tem de ser pelo menos segundo para ser campeão;

– Se Afonso Antunes terminar no 5.ª posto ou pior, Frederico Morais tem de ser pelo menos segundo para ser campeão; Vasco Ribeiro tem de ser

ser pelo menos 3.º para ser campeão;

– Com Afonso Antunes fora da corrida, entre Frederico Morais e Vasco Ribeiro quem chegar mais longe é campeão;

Do lado feminino o título já está entregue a Teresa Bonvalot, mas a emoção promete ser muita.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade