Praia de Cova-Gala começou a ser intervencionada sem sucesso

Praia de Cova-Gala começou a ser intervencionada sem sucesso
Pedro Agostinho Cruz

Depois de em Agosto ter sido intervencionada, a Praia de Cova-Gala, na Figueira da Foz teve hoje uma intervenção para tentaram encher um geotubo - saco de areia com 30 metros, mas sem sucesso.

A Agência Portuguesa do Ambiente tinha previsto intervencionar à Praia Cova-Gala, na Figueira da Foz, mas só hoje iniciaram os trabalhos.

 

A areia está ser retirada incide sobre uma faixa de 300 metros de extensão, a sul do chamado esporão n.º 5 da praia.
A obra, que pretende fazer o reforço dunar numa extensão, estará concluída no final deste ano e vai custar ao Estado 504 mil euros.

A intervenção consta da execução de uma estrutura de cilindros em material têxtil "de cor de areia, ocre ou amarelada, capazes de reter o material sedimentar (areia) com o qual serão cheios" e posteriormente recobertos de areia.

De acordo com o ministério do Ambiente, a obra será complementada posteriormente com uma outra, orçada em 560 mil euros, através do aproveitamento das dragagens efectuadas na zona sob alçada da Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF) para recarga da praia e reforço do cordão dunar a sul da Cova-Gala.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade