Portugal é pioneiro nos Observatórios de Turismo Sustentável

por: Joana Quintas
Portugal é pioneiro nos Observatórios de Turismo Sustentável
Turismo de Portugal

O Turismo de Portugal lançou a Rede de Observatórios Regionais de Sustentabilidade, o que faz de Portugal o primeiro país com observatórios de sustentabilidade em todas as regiões turísticas.

A iniciativa reforça a missão do país em posicionar-se como um dos destinos turísticos mais competitivos e sustentáveis do mundo e contou com a presença do Presidente do Turismo de Portugal, Carlos Abade, dos representantes das Regiões Autónomas, das Entidades Regionais de Turismo, e das Universidades e Institutos Politécnicos que suportam os observatórios.

Obter um conhecimento aprofundado dos impactos da actividade turística no território e uma maior eficiência no planeamento e gestão dos destinos é um dos objectivos estratégicos do Turismo de Portugal.

A constituição da rede de observatórios tem assim como objectivos promover a colaboração dos destinos na monitorização da sustentabilidade, apoiar o desenvolvimento de boas práticas de gestão ao nível regional e local, bem como dinamizar acções de cocriação e iniciativas de divulgação.

Carlos Abade, Presidente do Turismo de Portugal, afirma que “conhecer e monitorizar o impacto ambiental e social para planear e gerir com eficiência é atualmente uma necessidade absoluta e hoje estabelecemos mais um marco que contribui para afirmar Portugal como um dos países mais competitivos e sustentáveis do Mundo e isso é motivo de regozijo. O Turismo de Portugal continuará a trabalhar rumo à posição de líder internacional em matéria de sustentabilidade.”

 

Um trabalho que começou em 2018

O marco que hoje se celebra é fruto de um trabalho que se iniciou em janeiro de 2018, quando foi reconhecido dentro da Rede Internacional da OMT (INSTO), o Observatório do Turismo Sustentável do Alentejo (ASTO). Em Janeiro de 2020 foram reconhecidos pela Organização Mundial do Turismo (OMT) mais dois observatórios, o Observatório de Turismo dos Açores e o Observatório Regional para o Turismo Sustentável do Algarve (AlgSTO) e, mais recentemente, o Observatório do Centro, fixando-se assim em quatro o número de observatórios nacionais a integrar a INSTO.

Até ao final do ano serão ainda submetidos à OMT os pedidos de adesão dos mais recentes observatórios criados - regiões Norte, Lisboa e Madeira.

A INSTO é uma rede de observatórios de turismo que visa monitorizar o impacto económico, ambiental e social do turismo ao nível do destino. Esta iniciativa baseia-se no compromisso da UN Tourism (OMT) com o crescimento sustentável e resiliente do sector através da medição e monitorização, apoiando a gestão do turismo baseada em dados concretos.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways