Presidente da APAVT comenta gastos de portugueses quando turistas

por: Mafalda Ferreira
Presidente da APAVT comenta gastos de portugueses quando turistas
O Turismo.pt

O presidente da APAVT - Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, Pedro Costa Ferreira, referiu, à PressTUR, que apesar de estar “optimista para toda a indústria” lembra também que “temos 4 ou 5 anos de dura luta à nossa frente”.

Pedro Costa Ferreira, ecomentando dados do Banco de Portugal sobre os gastos dos residentes em Portugal, em turismo no estrangeiro no mês de Abril, explicou que  se é certo que dado o impacto da pandemia o sector tem “quatro ou cinco anos de dura luta” pela frente, também é certo que “é uma dura luta que tem que começar por um passo e, aparentemente, até agora, em 2022 as agências de viagens como um todo estão a dar esse passo”.

O presidente analisou os dados do banco central divulgados pelo PressTUR, afirmando que “confirmam as expectativas e as declarações que a APAVT tem feito, de que os Portugueses assim que pudessem iriam regressar em força às viagens, por um lado, e, por outro, que existia uma poupança forçada que foi formada ao longo da pandemia e que está a ser gasta”.

E concluindo afirmou“Se aliarmos isto aos aumentos de preços julgo que encontraremos todas as razões para os números que foram apresentados”, acrescentou, observando que “não deixam de ser números optimistas para toda a indústria e que nos devem motivar a continuar no caminho da retoma”,

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade