Porto tem 525 mil euros para apoiar estabelecimentos históricos

por: Pedro Melo
Porto tem 525 mil euros para apoiar estabelecimentos históricos
Câmara Municipal do Porto

A renovação do Fundo Municipal de Apoio aos estabelecimentos e entidades reconhecidas pêlo programa Porto de Tradição foi aprovada por unanimidade. Em 2022, a ferramenta voltará a ter um valor de 525 mil euros.

A proposta assinada pêlo vereador do Turismo e Comércio, Ricardo Valente, tem em conta os interesses em presença e a mais-valia da iniciativa, referindo que “o Município pretende renovar o Fundo Municipal de Apoio aos estabelecimentos e entidades reconhecidos ao abrigo do programa Porto de Tradição” em 2022. Os estabelecimentos comerciais e entidades reconhecidos continuam "a desempenhar uma função relevante, pois são espaços privilegiados de dinamização do tecido comercial, social, cultural e desportivo, contribuindo para a coesão da cidade nas suas diversas dimensões”, reforça o documento.

O programa Porto de Tradição reconhece os estabelecimentos e entidades do comércio tradicional local com interesses históricos, culturais ou sociais como símbolos da cidade. Em junho de 2021, foram credenciados 94 estabelecimentos comerciais e quatro entidades.

O montante de 525 mil euros replica o investimento feito pela Câmara do Porto na implementação do fundo de apoio às instituições acreditadas Porto de Tradição, 2019, e renovado em Julho de 2020. A terceira edição da medida teve unanimidade na reunião privada de Executivo.

Na sua proposta, Ricardo Valente afirmou que este fundo de apoio vai garantir a preservação do património e a sustentabilidade das actividades comerciais, “com a continuidade do programa Fundo Municipal de Apoio aos estabelecimentos e entidades reconhecidas ao abrigo do programa Porto de Tradição, a Câmara Municipal do Porto pretende complementar as medidas previstas no regulamento Porto de Tradição, designadamente a preservação das características originais dos estabelecimentos e promover a recuperação do espaço físico e a sustentabilidade do estabelecimento comercial ou entidade reconhecida, assim, contribuindo para a preservação da memória colectiva da cidade”, vincava.

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade