Governo apoia turismo com 6000 milhões para ajudar sector a retomar metas pré-pandemia

Governo apoia turismo com 6000 milhões para ajudar sector a retomar metas pré-pandemia
OTurismo.pt

Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, prevê que receitas do sector recuperem já este ano e cheguem aos 27 mil milhões em 2027.

 

O Governo apresentou esta sexta-feira um plano para dinamizar o turismo com o objectivo de manter, e sobretudo superar, as principais metas que estavam estabelecidas para o sector até 2027, “antes do choque frontal com a pandemia de covid-19”.

Deste modo e com este objectivo haverá mais de seis mil milhões de euros de apoios públicos, disponibilizados através de várias frentes, “desde o apoio às moratórias, financiamento, promoção e qualificação”.

São várias dezenas de medidas criadas pelo Governo para relançar o turismo, entre elas a capitalização de empresas, o IVAucher e ainda as iniciativas para captação de turistas.

Foi nesta sexta-feira que o Governo deu a conhecer o plano que “andou a preparar nas últimas semanas para relançar o turismo”.

Este plano de aceleração integra várias medidas que têm como objectivo dar um novo fôlego ao sector, “depois de este ter sido fortemente afectado pela pandemia”.
São mais de seis mil milhões de euros que vão ser aplicados na capitalização e refinanciamento de empresas, mecanismos de incentivo ao consumo, campanhas para atrair turistas e uma imensidão de programas nas mais variadas áreas.

Esperamos em 2021 ultrapassar ligeiramente os números de 2020. Se mantivermos a nossa quota de mercado, em 2023 estaremos novamente nos 18 mil milhões de euros [em receitas turísticas]. Mas queremos acelerar a partir daí e assegurar que chegamos a 2027 com 27 mil milhões de euros [em receitas]. Achamos que isso é possível”, disse esta sexta-feira o ministro da Economia, durante a apresentação do Plano de Aceleração do Turismo.


Este plano, disse Pedro Siza Vieira, representa um “investimento de mais de seis mil milhões de euros para assegurar essa aceleração até 2027″ e que integra várias dezenas de medidas, assentes em quatro pilares: “apoiar as empresas, fomentar a segurança, gerir negócio e construir o futuro”.
Fonte Eco

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade