Rita Marques: “Queremos ser líderes em inovação no Turismo”

Mais do que sobreviver à pandemia o sector o turismo em Portugal quer alcançar a liderança na área da inovação e da tecnologia, uma afirmação de Rita Marques, secretária de Estado do Turismo.


E continuando afirmou:“Sabemos que temos praias muito boas, um clima muito bom, e sabemos que temos ganho prémios e reconhecimento em todo o mundo, mas não queremos apenas ter estes prémios, queremos ser líderes em inovação no turismo”, palavras da SET na abertura do evento MatchMaking Check-in, que pretende fomentar parcerias entre startups e PMEs.

E Rita Marques , continuou “[Queremos ser] um local para visitar, mas também um local para trabalhar, para fazer negócios e para promover inovação”, salientou a SET, destacando que “Portugal tem todo o potencial para se tornar um exportador líder de inovação e de tecnologia relacionada com o turismo”, sublinhando que “Promover Portugal como um hub de inovação no sector é uma prioridade”.

Salientando que uma inovação, seja ela qual fôr, deve trazer benefícios económicos, sociais e ambientais, Rita Marques acrescentou. “Temos de ter êxito e temos de liderar, mas precisamos de fazer isso com o objectivo de gerar um grande impacto positivo não apenas no sector económico, mas também nas dimensões social e ambiental”.


É para alcançar estes objectivos que, segundo Rita Marques, o Governo tem investido em várias colaborações no sector da inovação, designadamente através do NEST Centro de Inovação do Turismo e de parcerias com empresas de capital de risco como a Portugal Ventures e com instituições como a Nova SBE, que está hoje a promover em conjunto com o Turismo de Portugal o evento onde Rita Marques falava esta manhã, o MatchMaking Check-in.

A responsável pelo sector Turismo salientou que também tem trabalhado muito com a Organização Mundial do Turismo (OMT) no campo da inovação e “brevemente” terá “muito boas notícias desta parceria que confirmarão que estamos no bom caminho para promover Portugal com um líder na inovação no sector do turismo”.

 

Sobre a retoma das viagens, Rita Marques disse que “há muita incerteza”, mas prognosticou que “a partir de Junho/Julho teremos a oportunidade de receber novamente alguns turistas, não apenas de Portugal, mas também da Europa, especialmente de países mais próximos”.

E a secretária de Estado estima que “a confiança está a aumentar” devido ao intenso processo de vacinação, especialmente a nível europeu, e do certificado verde digital: Presidência portuguesa da UE “tudo fará” para que o  certificado digital esteja pronto em Junho.

Em jeito de conclusão Rita Marques afirmou: “Acho que vai ser muito rápido. Assim que houver uma mensagem positiva, as reservas aparecem rapidamente, temos de estar preparados”.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade