Primeiro Ministro admite regresso ao confinamento decretado em Março

António Costa afirma que não está fora de causa o regresso a  um novo confinamento, embora com escolas abertas.


Governo decidiu alargar as restrições “a todos os concelhos com mais de 240 novos casos por 100 mil habitantes”, uma medida que só não abrange 25 municípios.
No entanto é possível que surjam novas restrições a partir já da próxima semana.

No entanto no fim de semana que se aproxima “todos os concelhos com mais de 240 novos casos por 100 mil habitantes” voltarão a estar sujeitos às medidas decretadas para o ultimo fim de semana continuará proibida a circulação entre concelhos e a circulação na via pública também não será permitida depois das 13:00.


Deste modo tal como aconteceu no passado fim de semana o comércio e a restauração continuarão encerrados. Fora destas restrições ficarão apenas 25 concelhos, talvez por pouco tempo.

A expectativa é que a próxima semana possa trazer um novo confinamento geral para todo o território continental, à semelhança do que aconteceu em Março de 2020, quando a pandemia chegou ao país”, refere a nota de imprensa.

O aviso foi feito esta quinta-feira pelo primeiro-ministro, em conferência de imprensa após reunião do Conselho de Ministros, e reflecte não só o “elevado aumento de casos diários, como a vaga de frio que o país atravessa e que está a pressionar a capacidade resposta dos cuidados de saúde”.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade