Solução de controlo de temperatura pode ajudar à retoma do Turismo

Solução de controlo de temperatura pode ajudar à retoma do Turismo
Divulgação

Este novo equipamento, desenvolvido em Portugal, permite medir temperatura sem contacto físico


Esta nova câmara termográfica disponibilizada pela Beltrão Coelho “já está a ajudar na retoma do turismo”.

O Corpo Santo Hotel, em Lisboa, desde Julho que implementou esta nova solução “que permite medir a temperatura de trabalhadores e hóspedes e detectar o uso de máscara.

Desenvolvida em Portugal pelo parceiro Quantico Solutions, “a câmara termográfica permite fazer a medição da temperatura corporal, por via de infravermelhos, a uma distância entre os 0,30 metros e os 1,5 metros, garantindo a proteção dos dados pessoais de trabalhadores e hóspedes com uma taxa de precisão de 0,3°C.”, refere a nota de imprensa”


Mas este equipamento permite a “integração com sistemas de leitura de ponto das empresas”, reconhecimento facial, mesmo com máscara, com uma taxa de sucesso de cerca de 99% bem como verificar se o trabalhador usa máscara.

No Corpo Santo Hotel, unidade que conta com 75 quartos e que recebeu o selo Clean&Safe do Turismo de Portugal e o Selo Global Safe Site atribuído pela Bureau Veritas”, esta medida começou a ser aplicada em Julho deste ano na entrada principal, permitindo deste modo “controlar a temperatura a todos os clientes da unidade” sendo que o colocado na entrada de serviço servirá para o controle de colaboradores e fornecedores que tenham de entrar nas instalações.

“Esta nova solução teve uma ótima aceitação por parte de toda a equipa, fornecedores e clientes. Todos sentem uma maior segurança, no sentido em que reconhecem que existe, também a este nível, a convicção de que o Corpo Santo Hotel tem uma preocupação extra quanto à mitigação da pandemia de Covid-19”, lembra Ruben Antunes, responsável de controlo do Corpo Santo Hotel.


Esta câmara termográfica tem como objectivo apoiar as empresas portuguesas na retoma da actividade, face ao contexto actual de crise económica como consequência da pandemia de Covid-19.

Além dos hotéis, esta solução pode ser integrada com o sistema de leitura de ponto ou controlo de acessos das empresas, ou mesmo de abertura de portas, iluminação ou campainhas.

Esta câmara pode, ainda, ser  utilizada em “estabelecimentos comerciais, como restaurantes, farmácias, lojas, supermercados, bancos ou centros comerciais”.


Nestes casos, a função de reconhecimento facial é desactivada, assegurando a protecção dos dados pessoais dos clientes e ajudando as entidades a monitorizar clientes com temperatura elevada ou que não usem máscara no acesso a estes estabelecimentos.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade