Depressão “Dora” chega com chuva, vento, e descida de temperatura

Depressão “Dora” chega com chuva, vento, e descida de temperatura
Divulgação

Proteção Civil emite aviso à população devido ao mau tempo que a chegada da depressão “Dora” vai provocar em Portugal



A Proteção Civil alertou para um agravamento das condições meteorológicas nas próximas 48 horas, prevendo-se um aumento da intensidade do vento, precipitação, descida da temperatura e aumento da agitação marítima na costa ocidental.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) refere que está previsto “o aumento da intensidade do vento partir de hoje, diminuindo nas terras altas a partir da manhã de sexta-feira e, no litoral, a partir da manhã de sábado, com rajadas até 75 km por hora na costa ocidental e até 95 km por hora nas terras altas”.


Mas esta depressão que dá pelo nome de “Dora” traz geada, em especial, para o interior norte e centro, a descida da temperatura, bem como precipitação a partir de hoje, podendo ser pontualmente forte na sexta-feira no norte e centro, com condições favoráveis à ocorrência de trovoada e granizo.


Segundo a ANEPC, poderá ocorrer queda de neve a partir da tarde de hoje acima de 1.400 metros de altitude, descendo para os 600 metros de altitude a partir da madrugada de 04 de Dezembro, assim como um aumento da agitação marítima na costa ocidental, com ondas de noroeste, que poderão atingir mais de sete metros na sexta-feira.


Perante este panorama a ANEPC recomenda à população que “garanta a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, que adote uma condução defensiva, face à possibilidade de formação de lençóis de água e gelo nas vias, que evite circular em vias com acumulação de neve e que tenha especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas sujeitas a inundações rápidas.

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade