15 de Novembro. 11:15 O dia em que a 'Terra Treme',

O dia em que a “Terra Treme” é um exercício nacional de sensibilização para o risco sísmico realizado todos os anos pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

 

O objectivo do exercício é “alertar e sensibilizar a população sobre como “agir antes, durante e depois da ocorrência de um sismo,” através de três gestos muito simples mas que podem salvar vidas: baixar, proteger e aguardar.


A Proteção Civil lembra que os sismos ocorrem quando menos se espera e que as suas consequências, por vezes, são devastadoras como as que ocorreram em Lisboa em 1755.

"Cidadãos mais bem informados e empenhados na sua própria proteção e segurança contribuem para uma sociedade mais resiliente e preparada para enfrentar com sucesso o risco sísmico", salienta a Proteção Civil, apelando à participação de todos no exercício do dia 15.

Segundo a autoridade da protecção Civil é “importante saber o que fazer antes, durante e depois de um evento sísmico, nomeadamente conhecendo as medidas preventivas e os comportamentos de autoproteção a adoptar.”


Para além da população em idade escolar, cuja “adesão à iniciativa tem sido enorme”, como refere a ANEPC, esta iniciativa tem a ambição de ir alargando, “ano após ano, a reflexão e o debate em torno da temática do risco sísmico e a participação no exercício de outros sectores da sociedade civil”.


 “O exercício dos três gestos que salvam em caso de sismo: baixar, proteger e aguardar.”

Baixar – baixe-se sobre os joelhos, esta posição evita que possa cair durante o sismo, mas permite mover-se;

Proteger – proteja a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos e procure abrigar-se, coloque-se se possível sob uma mesa resistente e segure-se a ela firmemente;

Aguardar – aguarde até a terra parar de tremer.

Mídia

Galeria de Imagens

Fim do Ano

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade