Preparem as camisolas e os casacos, pois a temperatura vai descer oito graus

Portugal Continental vai receber uma massa de ar frio proveniente da Irlanda, provocando descida nas temperaturas máximas até oito graus.

 

"A descida acentuada da temperatura será a partir de hoje (14 de Novembro). Estes valores baixos vão manter-se sexta-feira e sábado e no domingo espera-se uma subida da temperatura", disse à Lusa a meteorologista do Instituto Português do mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Ângela Lourenço, esta descida brusca da temperatura está relacionada com a entrada de uma massa de ar muito frio, ar polar, que vem de norte, da Irlanda.

"De destacar que hoje a descida da temperatura não será só acentuada, mas também acompanhada de vento forte. Estes dois fatores conjugados vão dar um desconforto térmico, o que significa que as pessoas vão sentir mais frio do que aquele que é registado através das temperaturas", sublinhou.

Segundo a especialista, está prevista uma descida da ordem dos 8 graus nas temperaturas máximas e 2 a 4 graus nas mínimas.

"Estamos a falar de máximas da ordem dos 13 a 16 graus no litoral e 5 a 7 graus no interior. O valor mais baixo será na Serra da Estrela e em Bragança", disse.

Por causa do mau tempo, o IPMA emitiu aviso amarelo para sete distritos do continente (Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa) por causa da agitação marítima que passará a laranja na quinta-feira, prevendo-se ondas com 5 a 7 metros.

"Vamos ter também aviso amarelo de vento. O vento vai atingir principalmente as terras altas do litoral norte e centro com rajadas de 80 a 110 quilómetros por hora na região da Serra da Estrela. Teremos também aviso amarelo de queda de neve nas terras do interior norte e centro, em cotas acima dos mil metros", referiu.

A neve, segundo o IPMA, deverá cair nas serras do Gerês, Montemuro, Montesinho, Marão e Estrela.

"A partir de domingo os valores da temperatura vão subir, mas não para os valores que temos tido nos últimos dias. [contudo] serão mais elevados do que durante este episódio de tempo frio que teremos nos próximos dias", indicou.
Texto: Lusa

Fim do Ano

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade