Rita Marques assume a secretaria de Estado do Turismo

Rita Marques, CEO da Portugal Ventures é a nova Secretárai de Esatdo do Turismo, substituindo Ana Mendes Godinho, agora Ministra da Segurança Social



Rita Marques, nova secretária de Estado do Turismo, CEO da Portugal Ventures, é licenciada e mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Segundo a sua biografia que figura no site da Portugal Ventures, foi directora executiva da Porto Business School na área de MBAs e Pós-Graduações (2016-2018), Coordenadora da Unidade de Projectos da Universidade do Porto (2008-2016),  Gestora do Mercado Ásia-Pacífico e dos sectores de Tecnologias e de Turismo na Agência Portuguesa para o Investimento (2003-2006).

Esteve também como  consultora sénior na Microsoft Corporation (2006-2007), nos EUA, e especialista na ANACOM (2001-2003). É Presidente do Conselho Fiscal da Fundação da Juventude (desde 2017). Tem desenvolvido diversos trabalhos de consultoria com entidades públicas e privadas na área da Inovação, Financiamento Público, Internacionalização e Investimento Directo Estrangeiro.

Rita Marques era CEO da Portugal Ventures desde 2018, altura em que foi nomeado um novo conselho de administração para a Capital de Risco. Partilhava o conselho de administração com Rui Ferreira e Pedro de Melo Breyner, este último responsável pelo pelouro do Turismo.


Rita Marques chega à secretaria de Estado do Turismo num momento de intensa actividade turística em Portugal, actividade essa que se prevê continue a crescer.Segundo dados do INE. nos primeiros oito meses de 2019, o número de hóspedes que pernoitou na hotelaria e outros alojamentos já ultrapassou os 18 milhões, o que representa uma subida na casa dos 7% comparando com o mesmo período do ano passado. Dormidas, proveitos totais e de aposento também estão a subir no acumulado do ano.


No final de Setembro, Ana Mendes Godinho (então secretária de Estado do Turismo) e a propósito do Dia Mundial do Turismo, indicava à Lusa que as expectativas apontavam para uma subida das receitas turísticas de 6% até Dezembro, para 17 mil milhões de euros, e admitia que o número de hóspedes poderia chegarr aos 27 milhões em 2019.


Uma das áreas em que Portugal Ventures investe é em Turismo, dispondo de fundos próprios para apostar em startups desta área. Ainda na semana passada foi comunicado ao mercado o investimento de 1,3 milhões de euros em cinco startups da área do Turismo por parte da capital de risco pública.

Rita Marques chega ao governo conhecendo assim as áreas onde o turismo está a inovar e que podem potenciar a atividade em Portugal.

Fim do Ano

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade