Turismo do Centro registou acentuada subida de dormidas em Maio 2019

por: Zita Ferreira Braga

Turismo do Centro de Portugal registou aumento de dormidas na região de 7,31% entre Maio de 2018 e igual mês de 2019 – “quase o dobro da subida média nacional.”

 

A actividade turística no Centro de Portugal continua a crescer a bom ritmo, prevendo-se deste modo mais um ano francamente positivo para o sector nesta região.

Dados preliminares revelados hoje pelo INE, relativos ao mês de Maio de 2019, confirmam a tendência de crescimento já expressa nos meses anteriores.

“No total de hóspedes, o mês de Maio de 2019, em comparação com o de Maio de 2018, registou um aumento percentual de 7,76%: tinham sido 361.211 em Maio de 2018 e foram 389.230 no mesmo mês de 2019: mais 28.019 hóspedes nos estabelecimentos hoteleiros da região.”


Contabilizando o total de hóspedes entre Janeiro e Maio de 2019, regista-se uma subida de 4,99% em relação ao mesmo período de 2018 (e 10,00% em relação a Janeiro-Maio de 2017).

Já no número de dormidas, o Centro de Portugal cresceu 7,31% - quase o dobro da média nacional, que cresceu 3,94%.

Em Maio de 2018 tinham-se registado 590.583 dormidas na região, mas em Maio de 2019 subiram para 633.744.
De salientar que o crescimento da procura é idêntico entre visitantes nacionais e estrangeiros.
As dormidas de turistas estrangeiros aumentaram 8,02%, de 300.860 em Maio de 2018 para 324.977 no mesmo mês de 2019; já as dormidas dos turistas nacionais subiram 6,57% na comparação entre os dois meses, de 289.723 para 308.767. Analisando o total de dormidas entre Janeiro e Maio, registou-se uma de  4,52% em relação ao mesmo período de 2018 (e 8,38% em relação ao mesmo período de 2017)

Há ainda, dois dados particularmente relevantes.
Por um lado, os proveitos da actividade hoteleira, que, entre Maio de 2018 e Maio de 2019, subiram de forma muito significativa, de 28,97 milhões de euros para 31,71 milhões (mais 9,48%). São mais quase três milhões de euros que as unidades hoteleiras do Centro de Portugal ganharam no quinto mês do ano.
Por outro, o rendimento médio por quarto disponível registou também um assinalável crescimento, de 24,2 euros para 25,5 euros: mais 1,3 euros.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways