Rede Expressos não garante todos os transportes na Páscoa devido à greve dos combustíveis

A maior transportadora rodoviária de passageiros, a Rede Expressos publicou, estar tarde, no Twitter que “não está em condições” de garantir as ligações para todo o período da Páscoa, a partir de dia 18 à tarde, inclusive, devido à crise dos combustíveis.

 Twiter Rede expressos

No entanto, as carreiras da madrugada da manhã de dia 18 ainda estão garantidas, embora, segundo o Dinheiro Vivo, o administrador Luís Cabaço Martins garantiu quase o oposto: “Salvo algum cataclismo e mantendo-se esta situação como está, a Rede Expressos vai manter os serviços contratados até domingo de Páscoa".

 

Segundo a mesma fonte, "a possibilidade de haver um apagão nas ligações rodoviárias da Rede Expresso nos próximos dias, afetando a Sexta-Feira Santa e a Páscoa não foi referida de manhã quando o Dinheiro Vivo contactou a empresa sobre essa eventualidade", escreveu.

O Turismo.PT vai estar atento ao desenvolvimento desta situação e irá noticiar, caso existam alterações no serviço de carreiras.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade