Centro de Portugal revive tradições da Páscoa

A Páscoa poderá ser uma pausa com a família e amigos descobrindo as  tradições de Portugal

.

A região do Médio Tejo convida a uma viagem ao centro do país para viver experiências únicas, que poderão ir do alojamento à gastronomia, à cultura e às paisagens que poderão tornar-se para nunca mais esquecer

Nesta Páscoa, os concelhos de Sardoal, Ourém e Constância desafiam a descobrir a sua essência com programas temáticos, criados para os seus visitantes.

O Sardoal é um concelho de profundas tradições religiosas, e é no período da Quaresma, da Semana Santa e da Páscoa que elas ganham maior relevo.

Inserida nas celebrações da Semana Santa, a Procissão do Senhor da Misericórdia (ou dos Fogaréus) realiza-se na Quinta-feira Santa. Todo o ambiente desta Procissão, conferido pelas luzes das velas e dos archotes (toda a iluminação das ruas é desligada), é muito místico e emocionante. Nas janelas das casas, nas varandas e escadarias do Convento de Santa Maria da Caridade, acendem-se mais de 600 lamparinas. São, também, expostos durante a Procissão os painéis do século XVIII com cenas da paixão pertencentes à Misericórdia.

Calcula-se que seja uma tradição exclusiva do Sardoal e faz já parte da identidade deste concelho. Entre a Quinta-feira Santa e o Domingo de Páscoa, grupos de moradores, várias entidades e associações colaboram na elaboração de tapetes de flores que são, depois, colocados no chão das Igrejas e Capelas da Vila (igreja da Misericórdia e Convento Santa Maria da Caridade e Capelas: Senhor dos Remédios, Sant'Ana, Santa Catarina, Nossa Senhora do Carmo, S. Sebastião e Espírito Santo). Esta tradição revela uma forte ligação entre as gerações que passaram, as atuais e as que virão.

Nos últimos anos, esta tradição foi estendida a Igrejas e Capelas fora da vila, sempre com grande empenho por parte da população.

Já em Ourém, a recriação histórica da Paixão de Cristo percorre as ruas da Vila Medieval, num cenário que alia a espiritualidade à contemplação do património do Lugar, tornando-se assim palco das últimas passagens da vida terrena de Jesus Cristo. Este evento é uma recriação da Via Sacra encenada desde 1999 que se tem mantido e ganho dimensão graças ao ambiente pitoresco, mas também devido aos figurinos realistas e às interpretações bem conseguidas por parte dos seus elementos.  


Este ano, celebra-se o 20º aniversário da Via-Sacra ao Vivo na Vila Medieval de Ourém. Esta iniciativa, reconhecida como uma das melhores recriações históricas de Portugal, ocorrerá na Sexta-feira Santa (19 de abril) e aguarda-se que traga milhares de pessoas ao Centro Histórico de Ourém, como é tradição todos os anos.  A Via-Sacra contará com a participação de uma centena de atores amadores e figurantes da comunidade local, enquanto Jesus (António Gonçalves) carrega a cruz ao longo das 14 estações que completam o cenário. De 14 a 21 de abril, este lugar histórico oferece um programa cultural aliado às cerimónias religiosas promovidas pela Paróquia de N.ª Sr.ª das Misericórdias, no âmbito da celebração da Semana Santa.

O Município de Constância vai estar em festa de 20 a 22 de abril, com a conhecida Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem, inserida nas Festas do Concelho de Constância 2019.


O dia do concelho é na Segunda-feira de Páscoa, dia 22 de abril, e voltará a ser o ponto alto das festividades, sendo integrado na Sessão Solene Evocativa do Feriado Municipal e nas cerimónias religiosas. De entre os festejos destacam-se também a Missa Solene, a Procissão em honra da Nossa Senhora da Boa Viagem e as Bênçãos dos Barcos nos rios Tejo e Zêzere e das viaturas na Praça Alexandre Herculano. 


A devoção a Nossa Senhora da Boa Viagem em Constância está associada ao intenso tráfego fluvial de mercadorias que se fez durante séculos entre o porto desta vila e a capital. Dos perigos da navegação nasceu o apego dos marítimos à Mãe de Deus e a confiança na sua protetora intervenção. A Festa e a Bênção dos Barcos, em Segunda-feira de Páscoa, são os momentos culminantes de uma devoção pelo menos bicentenária.

Nos últimos 20 anos, a Festa vive uma nova fase da sua história, iniciada quando a Câmara Municipal decidiu intervir nela com o objetivo de a revitalizar e revalorizar, associando-lhe um vasto conjunto de atividades culturais, recreativas e de lazer que constituem as Festas do Concelho de Constância.

A promoção das iniciativas destes concelhos encontram-se inseridas na Campanha “StayOver Fátima-Tomar”, uma campanha que convida à visita do Médio Tejo, uma região vasta e repleta de misticismos, pontificada pelos ‘altares da fé mariana’’ e pelo património milenar monumental, que enchem de orgulho os seus habitantes e deixam os visitantes maravilhados.

"Esta campanha tem como missão contribuir para aumentar a estadia média no Médio Tejo e estruturar a oferta turística do território, promovendo a imagem integrada e a coesão económica regional.


Os visitantes são convidados a ficar mais noites na região através do contacto direto e da reserva da sua estadia nas unidades de alojamento turístico  aderentes à campanha, desde que superiores a duas noites, por troca da oferta de experiências nas atrações turísticas locais, de entradas gratuitas em museus, eventos e espaços diversos, e de descontos exclusivos. Esta iniciativa resulta de uma parceria inédita entre as autarquias, unidades de alojamento, agentes de animação turística, museus, espaços temáticos, restaurantes, lojas de produtos regionais e outras entidades ligadas ao turismo.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade