Natal diferente do habitual, não haverá frio nem chuva

Para quem espera chuva no Natal, terá de ir para outro país. As temperaturas também estarão altas, para a época. Ou seja tudo para ter um Natal diferente.

 

Segundo o Instituto Português do Mar da Atmosfera (IPMA), "neste momento, a tendência indica que na consoada e no dia de Natal não ocorrerá precipitação e que existe uma probabilidade inferior a 40% de ocorrência de precipitação para o dia 26".

No entanto até Sábado espera-se chuva e céu nublado, em especial no Minho, mas as condições climatéricas irão melhorar nos dias seguintes em todo o território.

As temperaturas previstas para a época natalícia estarão ligeiramente acima da média normal em Portugal continental, prevendo-se máximas entre 15 e 20 graus e mínimas entre 5 e 10 graus centígrados. As temperaturas mais baixas estão previstas para o Norte e Centro, com formação de geada, e neblina ou nevoeiro matinal, sobretudo no nordeste transmontano.

Por sua vez no arquipélago da Madeira, as previsões apontam para períodos de céu muito nublado, em especial nas regiões montanhosas, para os dias 21 a 24 de Dezembro.

"No dia 25, devido à aproximação e passagem de uma superfície frontal fria, o céu deverá tornar-se gradualmente muito nublado com ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser acompanhados de trovoada", alerta o IPMA.

No Funchal, a temperatura mínima do ar deverá variar entre os 16 e os 18ºC e a máxima entre os 21 e os 23ºC, sendo que as temperaturas mais altas estão previstas para os dias 23 a 25 de Dezembro.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade