Desfile de orgulho gay foi cancelado e substituído por marcha em Berlim

Desfile de orgulho gay foi cancelado e substituído por marcha em Berlim
Divulgação

Desfile do Orgulho Gay foi substituído em Berlim por uma marcha que teve lugar a 27 de Junho e que juntou cerca de 3.500 pessoas.



A marcha LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgénero), começou na Nollendorfplatz, onde está o triangulo que servia para os  nazis identificarem os homossexuais tendo percorrido grande parte do centro da cidade.


Segundo a polícia, foram respeitadas as medidas de distanciamento social coincidindo com algum desconfinamento que aconteceu em em Berlim, onde terminaram as limitações de contacto entre pessoas que não moram na mesma casa.

Mas continua a ser necessário uma distância de um metro e meio entre pessoas e “as grandes concentrações estão proibidas, não podendo exceder as 1.000 pessoas”.

A marcha onde não existiram carros alegóricos, nem  música, dança e apelos a concentrações teve como objectivo central, segundo os organizadores, ser um protesto contra a discriminação de pessoas LGBT.

A capital alemã foi ainda local de realização de outra manifestação, esta convocada contra o racismo, tendo reunido cerca de mil pessoas na avenida 17 de Junho, perto das Portão de Brandenburgo.

Nesta manifestação, foram gritadas frases contra a violência e o racismo da polícia, à semelhança de outras realizadas nas últimas semanas, “quando a capital e outras cidades alemãs ecoaram protestos globais pela morte do afro-americano George Floyd causada por um polícia”.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade