Proibição dos Estados Unidos obriga MSC Cruzeiros a cancelar itinerários para Cuba

MSC Cruzeiros actualiza itinerários nas Caraíbas que incluem escala em Cuba na sequência da proibição aplicada pelo Governo dos Estados Unidos da América

 

 No seguimento das mudanças nas regulamentações inerentes às viagens para Cuba pelo Governo dos Estados Unidos da América, “que suprimem a partir de 05 de Junho a autorização prévia de cruzeiros com partida dos EUA para Cuba, a MSC Cruzeiros vai proceder de imediato à modificação de todos os seus itinerários previamente programados com escala no país.

Como resultado destas alterações na regulamentação e lei dos EUA, o MSC Armonia já não se encontra autorizado a realizar escalas no porto de Havana, como parte dos seus cruzeiros actuais nas Caraíbas.
Os portos alternativos de Key West, na Flórida, Costa Maya, no México; George Town, nas Ilhas Caimão ou Cozumel, no México substituirão Havana, em Cuba. O restante itinerário do MSC Armonia permanecerá inalterado.

Os viajantes actualmente a bordo do MSC Armonia e os seus agentes de viagens foram já informados de todas as ocorrências, e foram também oferecidas as seguintes opções:

USD 400 de crédito a bordo, por camarote. Caso este crédito não seja totalmente utilizado durante o cruzeiro, a MSC Cruzeiros devolverá a diferença no momento do check-out do navio.
Todas as excursões em Havana previamente adquiridas, ou que estão incluídas no bilhete de cruzeiro, também serão automaticamente reembolsadas nas contas a bordo dos passageiros.

Possibilidade de alterar o navio e o itinerário. A MSC Cruzeiros abdicará das taxas de cancelamento e transferirá os fundos já pagos para uma nova reserva.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade