OMT e BCC destacam o turismo gastronómico como impulsor do desenvolvimento local

OMT e BCC destacam o turismo gastronómico como impulsor do desenvolvimento local
UNWTO

A 6ª edição do Fórum Mundial sobre Turismo gastronómico realizou-se em Bruges, Bélgica, de 31 de outubro a 2 de novembro.

 O evento foi organizado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e o Centro Culinário Basco (BCC) e contou com a presença de alguns dos melhores chefs do mundo, assim como donos de restaurantes e líderes locais e regionais, tencionando promover o turismo gastronómico como impulsionador do desenvolvimento local e da criação de oportunidades no mundo rural. Foi evidenciado o papel do turismo gastronómico na criação de empregos e na proteção e promoção da cultura e património.

Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da OMT, afirmou que:  O turismo gastronómico acrescenta vitalidade às comunidades rurais, apoia pequenos produtores locais de alimentos e fortalece a sua posição no mercado, contribuindo para agregar valor à experiência turística enquanto promove a preservação e o desenvolvimento da cultura local. ” Joxe Mari Aizega, Director Geral do Centro Culinário Basco acrescentou que: É uma forma de envolver os diversos agentes da cadeia de valor da gastronomia e promover o desenvolvimento económico e social da quinta à mesa.”

Durante o Fórum, foi discutida a necessidade de um turismo gastronómico com valor acrescentado para os visitantes, destinos, residentes e empresários locais, garantindo um futuro sustentável para o setor do turismo gastronómico, através de um uso sustentável dos recursos e da promoção dos produtos e conhecimentos locais. Os participantes reconhecem a necessidade de fortalecer a coordenação entre o turismo e as políticas agrícolas e de desenvolvimento rural a nível global, nacional e local.

O Fórum incluiu, pela primeira vez uma sessão especial dedicada à Gastronomia Africana, reconhecendo o seu potencial como ferramenta de desenvolvimento socioeconómico e para ajudar destinos em todo o continente a melhorar a sua marca distinta e se divulgam para novos públicos. Também foram apresentados os empreendedores que estão a encarar os desafios colocados pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável através de projetos inovadores ao longo da cadeia de valor do turismo gastronómico. As startups selecionadas (Faroo - Itália, Rutopia - México, Apadrina un Olivo - Espanha, Katla Aero - Suécia e KITRO - Suíça) estão focadas em combater as alterações climáticas, reduzir o desperdício, criar comunidades sustentáveis, proteger os ecossistemas, entre outros. A próxima edição do Fórum será realizada em Nara, Japão, em 2022.

QATAR turismo

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade