AHRESP: urgente o apoio à liquidez das empresas de animação nocturna

AHRESP: urgente o apoio à liquidez das empresas de animação nocturna
Divulgação

No Boletim  diário AHRESP destaca-se o apoio à liquidez para empresas de Animação Noturna


Perante a ausência de respostas quanto a uma necessária e urgente reabertura dos estabelecimentos de Animação Nocturna, a AHRESP defende a atribuição de um financiamento não reembolsável, que corresponda a 80% de metade do volume de facturação, registado no e-Factura no ano 2019. Esta medida, já apresentada ao Governo, deve ser posta em prática pelo Turismo de Portugal e cumulável com todos os apoios que actualmente se encontram em vigor.


Por outro lado a AHRESP reitera a necessidade de ser implementada uma campanha de dinamização do consumo na Restauração e no Alojamento Turístico.

A campanha ‘Eat Out to Help Out’, promovida pelo Governo Britânico, esteve em vigor em Agosto, e na altura foram reivindicadas mais de 64 milhões de refeições.

 Esta iniciativa, que apoiou metade do valor das refeições feitas em cafés, restaurantes ou pubs até ao limite de 10 libras (cerca de 11 euros), foi um sucesso, ao ponto das empresas terem pedido o seu prolongamento.

De salientar o programa de apoio ao emprego +CO3SO, lançado em Julho, que comparticipa, durante três anos, os custos directos com remunerações e despesas contributivas de novos postos de trabalho. Depois de na Região Centro se ter esgotado a dotação orçamental dois meses antes da data prevista do encerramento das candidaturas, também os Programas Operacionais Regionais de Lisboa, Norte e Alentejo vieram anunciar a suspensão de receção de candidaturas em vários municípios, devido ao mesmo facto. A AHRESP defende o reforço da dotação orçamental destes Programas.

 
 

Votação Pública Festival ART&TUR

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade