Madrid terá o primeiro restaurante gerido por robots

Seguindo as experiências da China, Japão Estados Unidos, Madrid terá o primeiro restaurante gerido integralmente por robots, chegando a um futuro que está mais perto que pensamos


À Efe Marius Robles, criador de Food by Robots e de Reimagine Food, aquando das Jornadas Restaurant Trends del Hospitality 4.0 Congress (HIP) falou sobre a inovação em hotelaria adiantando que a robotização influenciará o sector de forma decisiva.

Escoltado por um androide, Robles afirmou que a robótica “ está já em mais de 500 restaurantes no mundo” porque está aliada ao resultado económico e à produtividade”

Refere ainda que na hotelaria foram já introduzidos os robots que preparam três cafés em 40 segundos, a tortilla perfeita, saladas onde não falta nem uma folha de alface, hamburgers e pizzas, com absoluta precisão e rapidez sem correr o risco de cortar-se ou queimar-se.

Segundo Carlos Sancanuto, cozinheiro, eles trazem produtividade e baixo custo mas não trazem o amor e o carinho que se exige na confecção de alimentos que se que na cozinha”


Marius Robles concorda com o cozinheiro, mas acha que podem ser uteis para as tarefas mais repetititvas como corta e picar.

No entanto segundo Robles dentro de cinco anos, 5% dos restaurantes espanhois estarão automaticamente automatizados.

Según las previsiones de Robles, en cinco años un 5% de los restaurantes españoles estarán totalmente automatizados.

O sector em Espanha está receptivo porque vê que há casos reais que funcionam embora haja reticências que se dissipam quando veêm como aumentam as vendas”prevê o responsável de Food y Robots.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade