AHRESP assina Compromisso Lisboa Capital Verde Europeia 2020

Associação de hotelaria, Restauração e Similares de Portugal assume lista de 11 compromissos

.
Lisboa, 31 de janeiro de 2020 – A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) assumiu 11 compromissos ambientais no âmbito do Lisboa Capital Verde Europeia 2020 – Ação Climática Lisboa 2030, que juntou mais de 200 empresas na manhã de 29 de janeiro, em Lisboa.
A AHRESP compromete-se a contribuir para alcançar as metas traçadas pela Câmara Municipal de Lisboa, no âmbito do Plano de Ação para as Energias Sustentáveis e o Clima, reafirmando a importância da sustentabilidade ambiental para a associação e para as empresas que representa.
Entre as várias ações previstas pela AHRESP no âmbito de Lisboa Capital Verde Europeia, destaca-se o lançamento da campanha MaisAmbiente#SemFumar, a atribuição do Prémio Sustentabilidade Ambiental, no âmbito dos Prémios AHRESP, a elaboração de um Guia de Boas Práticas para as empresas do canal HORECA, além de diversas outras ações internas na área da eficiência energética e de recursos.
À margem desta iniciativa reuniram, no mesmo dia, os membros dos órgãos sociais da associação no primeiro Conselho Consultivo do ano para debater os grandes desafios de 2020.
Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, e Miguel Gaspar, vereador para a Mobilidade, marcaram presença no encontro que antecedeu o Conselho Consultivo da AHRESP, tendo o edil lisboeta destacado que uma cidade mais sustentável, com menos carros e poluição, mais jardins, passeios mais largos e elevada qualidade de vida contribui sempre para a melhoria das suas atividades económicas.

No Conselho Consultivo foi recordado o trabalho que a associação tem feito junto da Assembleia da República, do Governo e das Autarquias na defesa do canal HORECA, sendo disso exemplo as reuniões com os grupos parlamentares que decorreram recentemente a propósito do Orçamento do Estado para 2020.
Foram ainda debatidos temas como a importância do desenvolvimento económico das regiões de baixa densidade, a carência de trabalhadores - ainda mais acentuada - nesses territórios, a falta de habitação e as deficiências existentes ao nível mobilidade, entre muitos outros.

Em discussão estiveram também os grandes eventos da AHRESP para 2020, como o Congresso AHRESP, que se realiza depois de um interregno de quatro anos, os Prémios AHRESP, assim como a presença na BTL e na Tecnipão.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade