CML instala nova Sinalética no Eixo Central de Lisboa

O Eixo Central de Lisboa tem uma nova sinalética que permite orientar os residentes e turistas em relação ao nome das ruas e ao tempo das deslocações a pé até locais de interesse ou pontos turísticos existentes nas proximidades.


A iniciativa é da Câmara Municipal de Lisboa, em parceria com a Associação Turismo de Lisboa, e abrange o eixo formado pela Avenida da República, Praça Duque de Saldanha e Avenida Fontes Pereira de Melo. 

A nova sinalética é financiada pelo Fundo de Desenvolvimento Turístico de Lisboa e surge no seguimento da recente requalificação e ampliação da zona pedonal desta área da cidade.

O objectivo é permitir às pessoas uma “percepção mais fácil e intuitiva do espaço, através da utilização de placas que usam duas cores distintas em função do tipo de informação”.


A azul são indicados os nomes da ruas e a respectiva numeração da polícia e “a vermelho são indicados os tempos de deslocação a pé até locais de interesse ou pontos turísticos existentes nas proximidades, como são exemplo a Estação Ferroviária de Entrecampos, o Hospital Curry Cabral, a Fundação Calouste Gulbenkian, o Pavilhão Carlos Lopes ou o Jardim do Arco do Cego”.


A colocação da nova sinalética do Eixo Central de Lisboa começou ontem e estará concluída nos próximos 10 dias úteis. A definição deste tipo de sinalética teve por referência o sistema já existente na Alta de Lisboa e no Parque das Nações.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade