No primiero dia de Julho entra em vigor o Certificado Digital Covid da UE

No primiero dia de Julho entra em vigor o Certificado Digital Covid da UE
Divulgação

Com este documento, os cidadãos europeus têm oportunidade de viajar “mais rapidamente provando que estão seguros para atravessar fronteiras”.



O Certificado Digital Covid vai entrar em vigor em todos os estados membros da UE nesta quinta-feira, 01 de Julho.

O certificado pode ser utilizado em versão electrónica ou em papel. Trata-se de um documento que foi proposto pela primeira vez, em Março, pelo primeiro-ministro da Grécia.

O certificado digital europeu, sugerido pelo primeiro-ministro grego, é algo que todos os ministros europeus estavam a tentar fazer avançar na última reunião no Luxemburgo.

Compreendemos que é uma necessidade e uma grande conquista chegar a acordo sobre este objectivo comum, que ajudará cada cidadão europeu a mover-se de país para país da melhor maneira possível.

Para Vasilis Kikilias, Ministro da Saúde da Grécia, um Certificado Digital COVID da UE é a prova, através de códigos QR, de que uma pessoa: ou foi vacinada contra a COVID-19, ou recebeu um resultado negativo ou teste ou recuperou do vírus. Quem estiver na posse deste certificado prova em princípio estar, isento de restrições à livre circulação, “a menos que sejam implementadas por razões de segurança”.

 

O certificado funciona como uma via rápida nas fronteiras, onde se pode atravessar mais facilmente, e isto é muito positivo para o restabelecimento das viagens e o normal funcionamento do turismo, que é extremamente importante para nós, termina o ministro grego.

Primeiro-ministro da Grécia, por seu lado, afirma que este tipo de certificado poderia ser implementado noutros sectores dentro da União Europeia.

E continua lembrando que “é provavelmente um dos maiores projectos de interoperabilidade em toda a UE e isto revelar-se-á muito significativo quando avançarmos com a nossa política digital global. Por exemplo, precisamos de interoperabilidade nos nossos sistemas de pensões, nos nossos sistemas de saúde e quando se viaja de um Estado membro para outro. Temos provado muito rapidamente que conseguimos estabelecer a interoperabilidade nos nossos sistemas nacionais. Fizemo-lo neste estudo de caso da COVID-19 com o Certificado Digital Covid - é preciso fazê-lo em todos os sectores.

Kyriakos Pierrakakis, Ministro para a Governação Digital da Gréciaalertou para o facto de que “as maiores companhias aéreas e aeroportos da Europa expressaram preocupação em relação às longas filas de espera nos próximos dias, porque vão ser necessários controlos extra nas viagens dos cidadãos europeus”.

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade