WTTC : não permitir a entrada os europeus nos Estados Unidos não parará o coronavirus

Para o World Travel & Tourism Council (WTTC) a imposição de não entrada dos europeus nos Estados Unidos terá um impacto negativo na economia dos estados Unidos ao mesmo tempo que não impedirá a propagação do Coronavirus.



Quando a ordem do presidente Trump foi emitida, a 13 de Março, havia cerca de  850.000 visitantes, da Europa, excepto o Reino Unido e Irlanda que normalmente viajariam para os Estados Unidos nos próximos 30 dias.
Estes visitantes gastariam cerca de USD3.4 bilhões, durante a sua permanência dos Estados Unidos
Duas das companhias aéreas mais atingidas pelo bloqueio, a Delta e a United, são companhias norte americanas.


A Presidente e CEO da WTCC, Gloria Guevara refere: “Coronavirus  já está nos Estados Unidos e infelizmente os óbitos já começaram a acontecer.Partilhamos a prioridade de parar a propagação e tomaremos todas as medidas necessárias para tal.   No entanto esta medida terá um impacto económico perigoso nos estados Unidos e em muitos outros países mostrando por outro lado pouca eficácia de travagem do avanço do Covid-19.
Mais do que impedir, a prioridade deve incidir na saúde pública do país, mitigando o prejuízo a nível individual que esta proibição pode causar.
O vírus é já uma pandemia e está a espalhar-se em comunidades domésticas. A melhor forma de actuar será pôr em prática medidas de isolamento, que são realmente eficientes como tem sido provado em vários países”.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade