"Seremos vossos amigos, aliados, apoiantes e não vamos esquecer o vosso principal mercado"

"Seremos vossos amigos, aliados, apoiantes e não vamos esquecer o vosso principal mercado"
Pippa Fowles / No10 Downing Street HANDOUT

Boris Johnson, disse que o acordo de comércio negociado com a União Europeia (UE) "significa uma nova estabilidade e certeza no que às vezes tem sido uma relação turbulenta e difícil".

"Seremos vossos amigos, aliados, apoiantes e, na verdade, não vamos esquecer, o vosso principal mercado", afirmou, dirigindo-se aos 27, numa conferência de imprensa após o anúncio do acordo pós-'Brexit'.

Aos britânicos, Boris Johnson disse: "No final de um dos anos mais difíceis, a nossa atenção está em derrotar a pandemia [...] e reconstruir a nossa economia".

 "[O acordo] significa acima de tudo certeza, para a indústria da aviação, os transportadores [...], a polícia, as forças das fronteiras e todos aqueles que nos mantêm seguros", acrescentou.

"Significa certeza para nossos cientistas que poderão trabalhar juntos em grandes projectos colectivos. Mas acima de tudo significa certeza para as empresas", disse o primeiro-ministro.

Em respostas aos jornalistas, Johnson admitiu que teve de ceder, aceitando um período de transição de cinco anos até entrar em prática um novo sistema de negociação de quotas de pesca nas águas britânicas, mas que foi "razoável" tendo em conta que Bruxelas queria que fosse maior, de 14 anos.

"Posso garantir aos grandes fanáticos de peixes neste país que seremos capazes de capturar e comer quantidades prodigiosas de peixes", prometeu.

Por outro lado, lamentou que não abranja tanto como pretendia o sector dos serviços financeiros, que representa uma parte importante da economia britânica.

O primeiro-ministro britânico disse que acordo deverá ser debatido no Parlamento britânico e sujeito a votação no dia 30 de Dezembro.
Texto: Lusa

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade