Alentejo investe na promoção externa do seu azeite

O CEPAAL - Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo conclui o seu primeiro projecto de internacionalização do produto.

 

 O Azeite do Alentejo correu o mundo nos últimos três anos, sendo objecto de exposição em São Francisco e Nova Iorque, foi degustado em Montreal e deu-se a provar em Berlim,
Copenhaga e Estocolmo, em ações de promoção junto de consumidores e distribuidores. “Viajou também a bordo de centenas de voos da TAP e deu a conhecer o seu território, o Alentejo, e a sua gastronomia típica a chefs (incluindo Estrelas Michelin), críticos gastronómicos, sommeliers de azeite e outros.


Em três anos, o CEPAAL – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo investiu um total de 265 mil euros em iniciativas de promoção nos seus mercados de exportações estratégicos – Alemanha, Brasil, Canadá, Dinamarca, Estados Unidos e Suécia.

 

O projecto de internacionalização “Promoção do Azeite do Alentejo nos Mercados Externos”, que decorreu entre Setembro de 2016 e Agosto de 2019, com o cofinanciamento de Alentejo 2020 - Programa Operacional Regional do Alentejo, contou ainda com uma dotação total de 320.682 euros (dos quais 80% provenientes do Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional). O CEPAAL termina assim este projecto que contou com uma taxa de execução financeira de 83% e com 100% das ações previstas realizadas.

 

Gonçalo Morais Tristão, presidente do CEPAAL, faz o balanço: “Conseguimos, com sucesso, promover o Azeite do Alentejo nos nossos mercados estratégicos e de forma muito eficiente, já que executámos todas as ações previstas num montante de investimento global abaixo das previsões iniciais. Não podemos, por isso, estar mais orgulhosos destes resultados. Demos o Azeite do Alentejo a conhecer, enquanto marca colectiva, em mercados que consideramos que estão a ganhar grande apetência por este produto mediterrânico”, especifica. O responsável reforça ainda o facto de durante o período de três anos em que o projecto de internacionalização decorreu, “o universo de associados do CEPAAL ter acelerado as suas exportações.”

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade