MSC Seashore é um navio que aposta na "mais recente e avançada tecnologia ambiental"

MSC Seashore é um navio que aposta na "mais recente e avançada tecnologia ambiental"
Divulgação

Decorreu hoje no estaleiro da Fincantieri em Monfalcone, Itália, a tradição náutica da cerimónia da moeda, com a colocação da quilha no MSC Seashore.

 

Neste importante evento, a MSC Cruzeiros revelou detalhes da transformação significativa do design do navio, assim como das suas características.

O MSC Seashore será o maior navio da companhia - 339 metros de comprimento - quando começar a navegar em junho de 2021. Será o primeiro de dois navios deslumbrantes da Classe "Seaside Evo" com a mais recente tecnologia ambiental disponível, espaços públicos ampliados, mais camarotes e o maior rácio de áreas exteriores por hóspede de qualquer navio da frota da companhia.

Marianna Cicala, Ground Services Planning Manager da MSC Cruises, e Silvia Bozzetto, Production Planning & Control Commissioning do estaleiro de Monfalcone, realizaram o ritual de hoje enquanto madrinhas, ao colocarem duas moedas sob a quilha do novo navio como sinal de bênção e boa sorte.

O Executive Chairman da MSC Cruises, Pierfrancesco Vago, disse: A cerimónia de hoje marca outro momento chave da construção de um dos navios mais inovadores de sempre na companhia. Mais importante ainda, o MSC Seashore – que apresentará a mais recente e avançada tecnologia ambiental disponível no mercado – representa mais uma prova do nosso compromisso de longa data em preservar o meio ambiente no nosso percurso de forma a minimizar e reduzir continuamente o impacto das nossas operações”.

 

Estas novas características foram adicionadas a outras tecnologias ambientais aplicadas a toda a frota da companhia, que visam minimizar e reduzir continuamente o impacte ambiental, incluindo: sistemas híbridos de última geração de limpeza de gases de escape (EGCS), que removem 98% do óxido de enxofre das emissões dos navios; sistemas avançados de gestão de resíduos; sistemas de tratamento de água de lastro, aprovados pela Guarda Costeira dos Estados Unidos da América; sistemas de tecnologia inovadores para a prevenção de descargas de óleo das áreas das máquinas e várias melhorias efetivas na eficiência energética - desde sistemas de recuperação de calor a iluminação por LED.

O CEO da Fincantieri, Giuseppe Bono, comentou: O início dos trabalhos em doca seca do MSC Seashore, o maior navio construído até à data em Itália, é para nós uma fonte de grande satisfação: ele é o símbolo do “Evo”, um projeto de sucesso para o nosso grupo, inovando o já futurista conceito “Seaside”, que criou dois navios altamente bem recebidos pelo mercado. É um verdadeiro desafio em termos estruturais e de gestão, que promove uma impressionante dinâmica de trabalho para o estaleiro e para a região. Estamos por isso muito satisfeitos com esta celebração que carimba a parceria frutífera com a MSC Cruzeiros e estamos confiantes que haverá outros momentos semelhantes no futuro”.

O MSC Seashore é inspirado no inovador protótipo da “Classe Seaside” com uma variedade de deslumbrantes características de design, permitindo aos hóspedes uma maior ligação ao mar, como a espetacular Ponte dos Suspiros, os fascinantes elevadores panorâmicos na popa e as elegantes passadeiras de vidro. Mais de 40% do navio foi redesenhado e melhorado, tornando o navio numa significativa evolução aperfeiçoada dos navios-irmãos MSC Seaside e MSC Seaview.

 

Algumas das novas melhorias são visíveis a olho nu e incluem uma expansão do comprimento do navio de 16 metros, 200 camarotes adicionais, um MSC Yacht Club maior e um lounge adicional com dois decks localizado na popa. A decoração foi completamente redesenhada com dois pontos de encontro centrais localizados no centro e na parte da frente do navio, para além de medidas específicas para melhorar ainda mais o fluxo de viajantes. No geral, o navio tem 10 mil metros quadrados de espaço adicional para uma experiência a bordo ainda melhor e mais espaçosa.

A nova embarcação vai oferecer mais suites, graças ao acréscimo de 28 suites com terraço e duas suites com banheira de hidromassagem privativa e ao MSC Yacht Club - o conceito de luxo de um navio dentro de um navio com tudo incluído disponível nos navios da MSC Cruzeiros – que terá duas novas categorias de camarotes: 41 Deluxe Grand Suites e duas Owner Suites com banheiras de hidromassagem.

O navio vai apresentar novos designs nos camarotes como os camarotes de grupo para famílias que queiram conectar dois ou três camarotes adjacentes, que podem acomodar entre seis e 10 pessoas, para além de disponibilizar camarotes maiores e mais espaçosos para hóspedes com mobilidade reduzida - 75 no total.

 

Dois novos restaurantes vão ser apresentados, incluindo um em exclusivo para os hóspedes com experiência Aurea. Haverá um novo espaço para os cinco restaurantes especializados, que vão ter lugares sentados à beira-mar na deslumbrante promenade do navio, de forma a oferecer aos viajantes a melhor vista para o mar, enquanto jantam ao ar livre.

O MSC Seashore terá um novo lounge de dois decks na popa do navio, um casino maior e 20 bares especializados distintos. O navio apresentará um novo design da sua piscina na popa, uma piscina interior ampliada e um novo e interactivo parque aquático que proporcionará muitas emoções para viajantes de todas as idades. Os Kids Clubs para adolescentes foram separados da zona para crianças, que será agora ainda maior.

O navio vai oferecer a todos os seus hóspedes a mais recente tecnologia centrada no cliente, incluindo a ZOE - a primeira assistente pessoal virtual de cruzeiro do mundo, exclusiva da MSC Cruzeiros,  em todos os camarotes - e o MSC for Me.

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade