Secretária de Estado do Turismo presente no encerramento do mês AZAMBUJA TERRA DO TORRICADO

A cerimónia final do programa de lançamento da marca “AZAMBUJA TERRA DO TORRICADO” contou com a presença de Ana Mendes Godinho Secretária de Estado do Turismo,


O evento teve lugar no domingo, 04 de Novembro de 2018, no recinto da “Festa do Torricado”, no pavilhão do Grupo Desportivo de Azambuja.


Esta cerimónia foi o culminar de todo um mês de intensa divulgação e promoção do Torricado como “estandarte” da cultura e da gastronomia do Concelho de Azambuja. Esta campanha, promovida pelo Município de Azambuja, foi composta por um conjunto de três iniciativas.

Na freguesia de Vale do Paraíso, entre os dias 04 e 07 de Outubro, realizou-se o Festival do Torricado, integrado na Mostra Gastronómica “PARAISABOR”; e no fim-de-semana, 02 a 04 de Novembro, foi a vila de Azambuja a celebrar essa iguaria na “FESTA DO TORRICADO”.
Os dois eventos foram dinamizados  pelas Juntas de Freguesia e colectividades locais.


Durante todo o mês do evento, de 04 de Outubro e 04 de Novembro, decorreu o programa gastronómico municipal “A GULA”, nos diversos estabelecimentos aderentes à iniciativa. Na edição 2018, “A GULA” contou com a adesão de 17 restaurantes, de norte a sul do concelho, que apresentaram nas suas ementas pratos de Torricado. Para dinamizar este programa, não faltou animação musical aos fins de semana em alguns restaurantes.

Com todos estes eventos, o Município de Azambuja “tem como objectivo dar passos cada vez mais seguros, no âmbito do produto gastronomia e vinhos, numa aposta clara na defesa e promoção da sua identidade e das potencialidades do seu território”.

O objectivo geral é promover o Torricado e todas as manifestações culturais a ele associadas. Para potenciar o mais possível essa divulgação, a iniciativa continuará a desenvolver uma sinergia com ações dinamizadas por Juntas de Freguesia e associações do concelho que tenham o mesmo fim, consolidar a marca AZAMBUJA TERRA DO TORRICADO.

“O mote de toda esta ação será sempre preservar, prestigiar e divulgar o célebre “Torricado”, o embaixador de maior vulto da gastronomia do Concelho de Azambuja e uma das bandeiras da herança sociocultural da sua população. Os ingredientes dificilmente seriam mais simples: pão caseiro, azeite, alho e sal. O acompanhamento pode ir da singela azeitona (como entrada), ao ‘fiel amigo’ na brasa (bacalhau), passando pelas sempre populares febras e entremeadas grelhadas. Se o retalhar do pão em losangos e o esfregar do alho está ao alcance da maioria, já o espalhar do azeite e o senti-lo “cantar”, ao ouvido, é arte para poucos, tal como a dominavam os campinos e camponeses de antigamente.


Acrescente-se que, no Concelho de Azambuja, no que à gastronomia diz respeito e, particularmente, ao nível do receituário local, não só o Torricado, mas também a manja/marmanja e a lapardana assumem um papel de destaque. Este património tem vindo a ser explorado pelo município em acções como a candidatura às “7 maravilhas à mesa”, sessões de showcooking e degustações em diversos eventos; bem como por outras entidades locais em iniciativas que recuperam estes pratos tradicionais e suscitam a curiosidade de um público cada vez maior. Esse é outro dos objectivos do município, que os diversos actores locais, nomeadamente os restaurantes, se consciencializem desta fileira de oportunidade incluindo a sua oferta nas respectivas cartas e consolidando o esforço colectivo no desenvolvimento local.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade