Marcelo Rebelo de Sousa veta lei das plataformas de transportes, como a Uber

O Presidente da República pede que o Parlamento vetou a lei  das tarifas e da contribuição das plataformas digpitais de transporte, assim como a modernização da regulação do sector do táxi.

 

A lei tinha sido aprovada no Parlamento depois de um entendimento entre o PS e o PSD nas principais medidas.

No entanto o Presidente da República vetou a nova lei que legaliza o transporte de passageiros com base na angariação de clientes através de plataformas electrónicas como a Uber, Cabify ou MyTaxi, noticiou o Público.

Marcelo Rebelo de Sousa devolveu o diploma ao Parlamento mencionando críticas à regulação da tarifação e da contribuição que o sector deve fazer.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade