Oeiras propõe para este Verão o Festival Sete Sóis Sete Luas e Cinema ao Ar Livre

Animação de Verão na Fábrica da Pólvora de Barcarena, com o Festival Sete Sóis Sete Luas e não só.

Oeiras tem para este Verão, uma aposta cultural que encherá o espaço da Fábrica da Pólvora de Barcarena.

Aquele espaço de cultura servirá de palco para o 25º Festival Sete Sóis Sete Luas (FSSL), com Músicas do Mediterrâneo e do Mundo Lusófono e a 5ª edição do Cinema ao Ar Livre, que este ano chega com novidades.

Pelo Festival Sete Sóis Sete Luas vão passar sete espectáculos, que decorrerão entre 07 de Julho e 18 de Agosto, pelas 22:00 das sextas-feiras.

A estreia será com música de Itália, com Parto Delle Nuvole Pesanti, no dia 07 de Julho.
Nas outras sextas, até 18 de Agosto, Agricantus (Sicília), Eliseo Parra (Espanha), Les Voix des 7Lunes (Mediterrâneo), AYWA (França), Brava 7Luas Band (Cabo Verde) e El Chinchilla (Espanha).

 

Por sua vez, o Cinema ao Ar Livre voltará a oferecer bons momentos em família, entre 01 de Julho e 27 de Agosto. As novidades desta 5ª edição são os filmes infantis, aos domingos de manhã e um filme de terror, que será exibido à meia-noite.

 

Com entrada gratuita e uma cuidadosa selecção de obras que entretêm e fazem sorrir, aqui se reúnem títulos de origem diversa, dos Estados Unidos da América à Europa, da aventura à comédia, da imagem real à animação, seleccionados sempre com a intenção de proporcionar umas horas de diversão e de alegria nestes dias quentes, “que para muitos são dias de férias que se querem bem passados, retemperadores e de saudável distração.”

 

O programa do Cinema ao Ar Livre arrancará no dia 01 de Julho com a Comédia Dramática “Médico de Província”, de Thomas Lilti, seguindo-se, aos sábados, pelas 22:00, “Milagre no Rio Hudson, de Clint Eastwood, “O Principezinho”, de Mark Osborne, “Um Santo Vizinho”, de Theodore Melfi, “Deixa o Amor Entrar”, de Christian Ditter, “O Sonho Certo”, de Kristjan Knigge, “Agora ou Nunca”, de : Maria Ripoli, “A minha vaca é uma Estrela”, de Mohamed Hamidi e “Quo Vado ou Já Foste”, de Gennaro Nunziante.

 

Para o público adulto haverá uma sessão especial, de terror, com “A Descida”, de Neil Marshall, pelas 24:00 do dia 25 de Agosto.

O programa dirigido aos mais novos começará no dia 06 de Agosto, com o “Gangue do Parque”, de Peter Lepeniotis.
Seguem-se, até 27 de Agosto, sempre, pelas 11:00 de domingo, “Ozzy, de Alberto Rodríguez, “Blinky Bill”, de Deane Taylor, Noel Cleary, Alexs Stadermann e Alex Weight e “UPSSS! Lá se foi a arca...”, de Toby Genkel e Sean McCormack.

 

E são estas as suas ofertas culturais de Oeiras para os meses de Julho e Agosto.

 

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade