Casa Agrícola Alexandre Relvas comemora Dia Europeu do Enoturismo de portas abertas

A Casa Agrícola Alexandre Relvas junta as comemorações do Dia Europeu do Enoturismo ao S. Martinho e promove um dia de portas abertas, este domingo, dia 13, na Adega da Pimenta, S. Miguel de Machede, Évora.

Este ano, o mote para a comemoração do Dia Europeu do Enoturismo é a “sensibilização para o consumo moderado de álcool”.

Por isso, a Casa Agrícola Alexandre Relvas convidou para se juntar à festa a Gare – Associação para a Promoção de uma Cultura de Segurança Rodoviária, que irá trazer o “Alcokart”, “um veículo que simula o efeito do álcool na condução e que permite compreender de forma segura e divertida os verdadeiros riscos do álcool quando associado ao volante.”

O único risco que correrá nesta tarde é viver momentos de grande animação.

Seguindo o ditado popular – que diz que, no S. Martinho, “se vá à adega e se prove o vinho “- durante a tarde do próximo domingo, dia 13, entre as 14:00 e as 18:00 os visitantes terão a oportunidade de conhecer os quatro cantos da adega, provar o vinho novo das talhas, comer castanhas assadas, conduzir o Alcokart e ouvir a música que se faz em S. Miguel de Machede.

Apesar dos municípios de Évora e Redondo não fazerem parte da Rede Europeia das Cidades do Vinho, entidade responsável pela criação e dinamização do Dia Europeu do Enoturismo, a Casa Agrícola Alexandre Relvas, que recentemente estreou o seu próprio serviço de Enoturismo, resolveu comemorar a data.

Em parceria com a Suão – Associação de Desenvolvimento Comunitário, a Casa Agrícola Alexandre Relvas convidou também a população de S. Miguel de Machede e os seus músicos a juntarem-se à festa. Assim, poder-se-ão ouvir as “Cantadeiras de S. Miguel de Machede”, o Grupo de Cantares “Os Marchantes” e a mais nova geração de músicos desta simpática freguesia eborense, os “Serão de Abril”, que interpretará temas tradicionais tão bem conhecidos de todos.

“Recorde-se que a Casa Agrícola Alexandre Relvas abriu portas ao Enoturismo no último verão. Neste Enoturismo o visitante tem a oportunidade de vivenciar o quotidiano de trabalho de uma adega que, atualmente, atinge a produção de 6 milhões de garrafas por ano e que representa o que de melhor tem para oferecer a viticultura alentejana em mais de 30 países do mundo.

O Enoturismo da Casa Agrícola Alexandre Relvas propõe um serviço altamente personalizado e exclusivo, atento ao detalhe e, sobretudo, ao interesse do visitante. Aposta numa relação de grande proximidade entre produtor e consumidor e na total transparência, tanto no modo de produção como no que diz respeito aos valores fundamentais da empresa.”, lê-se na nota de imprensa

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade