Frnacisco Calheiros disse "ninguém ganha com esta greve: perdem os turistas e os portugueses"

A Confederação do Turismo Português (CTP) considera que a greve convocada os ultimos dias do ano, pela plataforma sindical da TAP irá trazer um "impacto fortemente negativo ao Turismo e à economia nacional, sobretudo na quadra natalícia".

 

O presidente da CTP, Francisco Calheiros, garantiu em comunicado que "ninguém ganha com esta greve: perdem os turistas e os portugueses que visitam as suas famílias nesta altura do ano, perdem os hotéis e as agências de viagens que irão sofrer grandes prejuízos financeiros e perde a TAP e os seus trabalhadores com esta desvalorização brutal da companhia, num momento em que a sua privatização está iminente".

O responsável acrescenta que esta greve representa "uma violenta ofensiva ao património de uma empresa que muito tem contribuído para o desenvolvimento do sector turístico do nosso país e, consequentemente, para a economia nacional. O momento é de proteger a empresa e não tentar delapidá-la. Precisamos de uma TAP forte e competitiva, que ajude ao crescimento do Turismo".

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade