Turismo da Madeira ignora perigos no Gorgulho

Turismo da Madeira ignora perigos no Gorgulho

Hotel Gorgulho na zona do Lido no Funchal, vai ser alvo de uma vistoria da Direcção Regional do Turismo (DRT).

Esta acção da DRT surge na sequência de uma reclamação apresentada sobre a insegurança no estabelecimento hoteleiro.

O Hotel Gorgulho, tal como ilustram as fotografias da nossa reportagem, apresenta vários perigos à segurança de hóspedes.

Reportámos à Direcção Regional de Turismo (DRT)as condições em que a unidade hoteleira se encontrava, tendo a mesma respondido "que o empreendimento será alvo de uma vistoria a efectuar brevemente pelos serviços de inspecção".
Tentámos contactar a assessoria de imprensa da DRT, mas a mesma esteve incontactável durante todo o dia de hoje, 23 de Dezembro.
Uma situação tanto mais preocupante quanto se aproxima uma das épocas de maior procura turística do arquipélago, o fim do ano.

O cartaz de fim-de-ano do Funchal é internacional e o Hotel tem na realidade uma boa vista para o litoral.

Construído há cerca de 40 anos, o Hotel de duas torres com nove pisos cada uma, apresenta tijoleiras soltas nos varandins passíveis de cair e ferir gravemente, ou até matar, qualquer traseunte, turista ou não, tomadas de electricidade e interruptores sem a obrigatória ligação terra.
São mesmo observáveis fios de electricidade sem qualquer protecção.

Há ainda a registar a fraca oferta ao pequeno-almoço com a regra de que os tradicionais ovos mexidos só são servidos à sexta-feira.
Apesar da categoria de aparthotel de três estrelas o menu da primeira refeição do dia merecia uma maior atenção da gerência.
Em resposta ao Hardmusica, uma funcionária, referiu que a unidade hoteleira “nunca mais teve obras desde a altura em que foi construida. Apenas alguns quartos foram modificados para vender aos operadores turisticos e às agências de viagens”.

Na realidade todo o Hotel merecia uma maior atenção da gerência notando-se não ter havido grandes requalificações desde que foi construído.

Mídia

NULL
Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade