Estudar e trabalhar em Turismo é sexy

Estudar e trabalhar em Turismo é sexy
Hugo Teixeira Francisco

Estudar e trabalhar em turismo é sexy! Pronto, já o disse. Aliás, quem convive comigo já me ouviu dizer estas palavras vezes sem conta.

Quando comecei a estudar turismo, nos idos de 1995, estudar turismo não era sexy. Longe disso. Não havia nada “menos sexy” do que estudar algo que não se estuda, como referiu o meu pai depois de comunicar a minha escolha. Claro que quando conclui os meus estudos, já era mais, e agora, mesmo com todas as adversidades, é provavelmente a actividade mais sexy… bem, talvez acompanhada por engenharia aeroespacial, nova coqueluche do ensino superior.

Olhando em retrospectiva e de acordo com números do Banco de Portugal, o sector do turismo contava normalmente com cerca de 334 mil empregos directos criados pela indústria, quando actualmente tem cerca de 272 mil. Também de acordo com o Banco de Portugal as receitas turísticas até Julho de 2021 caíram cerca de 80,59%, comparativamente a 2019.

Talvez por isso o sector do turismo seja acusado de ter perdido algum do seu sex appeal, de acordo com recentes declarações de Francisco Calheiros, Presidente da Confederação de Turismo de Portugal (CTP) à Lusa. Francisco Calheiros refere que “estava a ser ‘sexy’ na altura [pré-pandemia], trabalhar no turismo, mas que com esta pandemia, tudo ficou congelado”. O Presidente da CTP refere também que actualmente “há falta de pessoal [no sector do turismo]” e que “é um problema que temos que abordar com muita frontalidade e que tem sido muito discutido nas direcções da CTP”.

Não haja dúvidas que estamos a viver um momento sem precedentes no que toca à escassez de recurso humanos na indústria, e que será necessária uma forte política de formação para inverter esta situação. Estamos globalmente a sair de uma pandemia e é talvez um dos momentos mais importante na história contemporânea da humanidade, sendo que o sector do turismo é aquele que apresenta um melhor prognóstico de melhoria e será, sem dúvida, um dos primeiros a recuperar. Nas recentes celebrações do Dia Mundial do Turismo, dia 27 de Setembro, foi lançada pelo Turismo de Portugal a “Semana do Turismo 2021”, com um ambicioso programa de relançamento do turismo nacional e internacional, lançando para o debate público a importância da formação em turismo e apostando forte nas 12 Escolas do Turismo de Portugal.

O sector do turismo irá, muito em breve, necessitar de mais e melhores recursos humanos, cada vez mais capacitados e especializados, porque estudar e trabalhar em turismo é sexy e vai ser cada vez mais!

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade