Trip Wonder Alert as viagens em 2023 serão marcadas por várias tendências

por: Zita Ferreira Braga
Trip Wonder Alert as viagens em 2023 serão marcadas por várias tendências
Turismo

A TripWonder é a plataforma de itinerários personalizados feitos por locais apresentou seu grupo de principais tendências que vão agitar o sector no próximo ano



A pandemia ttem vindo a criar muitas oportunidades ao Turismo, com muitos desafios, é certo, mas também oportunidades, abrindo espaço para o aparecimento de novas ideias e negócios, como aconteceu com a TripWonder!

Este parece ser definitivamente o lema condutor para 2023:, ou seja reimaginar e reinventar o universo das viagens, como avança o mais recente estudo da Booking.com. Mas as novidades para o próximo ano não ficam por aqui!
E como a TripWonder já está um passo à frente das tendências e preparada para ajudar muito estes renovados viajantes, a plataforma preparou um guia com as principais tendências que vão agitar o mercado das viagens em 2023.

Eis o seu top 5

1 Personalização e bons preços: a receita para uma viagem perfeita

No próximo ano, há duas coisas essenciais para tornar qualquer viagem perfeita: personalização e bons preços. Cada vez mais, os viajantes procuram viagens e experiências não só à sua medida, como da sua carteira, sendo que, muitas vezes, até estão dispostos a pagar um valor mais alto, se valer mesmo a pena.

Como verdadeiros amantes do sector e eles próprios viajantes nos tempos livres, o CEO Neo Ong, e outro dos fundadores da plataforma, Domingos Silva, cedo se aperceberam do sentimento de frustração na hora de pesquisar por dicas online sobre o que fazer nos destinos da sua eleição e por experiências personalizadas e autênticas. A verdade é que a maioria dos sites não apresentam grande distinção ao nível da informação, contando até com as chamadas tourism traps”, conta Neo.

E quem melhor do que a TripWonder para dar resposta a esta tendência? A plataforma disponibiliza itinerários totalmente personalizados à medida dos gostos e interesses de cada um, com as melhores recomendações de pessoas locais, a partir de 5€!


2. Bleisure e nómadas digitais vieram para ficar

Quem disse que lazer e trabalho não se misturam? 2023 parece ser o ano em que esta convicção fica definitivamente para trás! O número de nómadas digitais continua a aumentar e o Bleisure – tipo de turismo onde as viagens de negócios se estendem para experiências de lazer – é uma prática cada vez mais recorrente e muito apreciada por inúmeras empresas, que veem nesta tendência uma oportunidade de valorizarem os seus colaboradores.  

Portanto, o próximo ano ficará marcado por mais turistas híbridos que procuram experiências que possam aliar o lazer à vida profissional. O equilíbro entre o trabalho e a vida pessoal é cada vez mais uma prioridade para nós”, começa por explicar Neo Ong, ele próprio um nómada digital que se mudou para Lisboa, garantindo também que “são plataformas como a TripWonder que ajudam bastante na integração destas pessoas ao oferecerem uma forma rápida e fácil de os nómadas digitais compreenderem as culturas locais e se adaptarem ao estilo de vida da comunidade local”.

3. Esquecer os problemas da vida real e abraçar a nostalgia

Aproveitar a vida e esquecer os problemas do dia a dia parece ser o lema para os turistas em 2023. Depois de dois anos de pandemia e com um contexto socioeconómico complexo em que muita gente se viu impedida de viajar, tudo aponta para que 2023 seja o ano da libertação!

As viagens passarão a ser encaradas cada vez mais como um escape à realidade diária e uma forma de criar memórias mais felizes, abraçando a nostalgia e relembrando momentos mais positivos. Enquanto alguns viajantes procurarão, por exemplo, reviver o romantismo de uma era pré-digital, outros optarão por procurar experiências que evoquem memórias emotivas de momentos passados.

4. Sair da zona de conforto e embarcar em experiências culturais imersivas

Em 2023, os viajantes vão desejar viagens únicas que os choquem, surpreendam e deliciem em igual medida! Os turistas querem viver um verdadeiro choque cultural e procurarão experiências imersivas que os levem a destinos menos turísticos e com uma cultura totalmente diferente da sua ou, por outro lado, que lhes permita explorar locais menos conhecidos nas cidades e fugir das atrações mais turísticas.

Esta ânsia de viver está a levar a que os turistas se tornem cada vez mais aventureiros e que estejam dispostos a sair da sua zona de conforto. Para o CEO da TripWonder, “este mix entre conforto vs. risco garante-nos um bom equilíbrio emocional que procuramos nas nossas viagens. Ao pedir a um Local para desenhar o seu roteiro turístico com base nas suas próprias preferências, estará a embarcar numa viagem única e marcante em que, por uns dias, poderá colocar-se no corpo deste Local e experienciar o seu estilo de vida”.

5. Ecoturismo e turismo espiritual serão os mais procurados

Se queremos falar do tipo de turismo que marcará 2023, temos, sem dúvida, de mencionar estes dois: ecoturismo e turismo espiritual. O Slow Travel e o ecoturismo são tendências que já vêm dos anos anteriores e que continuarão a ganhar espaço em 2023. As preocupações ecológicas e o respeito pelo meio ambiente estão cada vez mais na ordem do dia e são muitos os turistas que já não abdicam destes princípios na hora de marcar a sua viagem.

Por outro lado, o turismo espiritual é, definitivamente, a tendência do próximo ano! A necessidade de manter uma mente e um corpo sãos está a levar muitos viajantes a procurar experiências espirituais imersivas e, por vezes, pouco convencionais. As viagens de mindfulness e meditação e a procura por retiros espirituais estão, sem dúvida, a ganhar peso no panorama internacional.

Estas são duas tendências a que a equipa da TripWonder está muito atenta! “Um dos objetivos da TripWonder é precisamente dar resposta a este tipo de necessidades dos viajantes e conectá-los com outras pessoas que partilhem os mesmos interesses e que tenham os conhecimentos locais necessários para, por exemplo, recomendar a melhor experiência de ecoturismo na zona ou uma verdadeira viagem espiritual com um simples clique”, explica Neo Ong.

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade