"Hotel Royal” de Salomé Lamas, estreia em Locarno

"Hotel Royal” de Salomé Lamas, estreia em Locarno
Divulgação

“Hotel Royal”, a mais recente curta-metragem de Salomé Lamas, selecionada para a Competição Corti d’Autore da 74ª edição do Festival Internacional de Cinema de Locarno, que terá lugar, presencialmente, entre 04 e 14 de Agosto.


A obra, que tem em Locarno a sua estreia mundial, apresenta como protagonista uma empregada de quartos, em trabalho temporário num grande hotel à beira mar, “que incapaz de se relacionar, vive através de uma rígida metodologia de análise sobre o exterior e um quotidiano ritualizado, até que o incontrolável vem perturbar esta dinâmica”.

 “Hotel Royal” é um fragmento e incompleto mosaico das sociedades contemporâneas. Poderia ser apelidado de um filme sobre os horrores da alma, sobre voyeurs ou simplesmente sobre inadaptados., lê-se na nota de imprensa


O filme, com fotografia de Rui Xavier, conta com a participação dos actores Ana Moreira, Carloto Cotta e Tomás Antunes, produção de O Som e a Fúria e Curtas Metragens C.R.L., com promoção e distribuição da Agência - Portuguese Short Film Agency.

Salomé Lamas estreia-se, assim, em Locarno, um festival que, ao longo de seus 73 anos de história, tem vindo a ocupar uma posição única no panorama dos principais festivais internacionais de cinema.

Corti d’Autore é o novo programa competitivo do festival, dedicado inteiramente a curtas e médias metragens de cineastas consagrados, que estrearam previamente longas metragens.

“Hotel Royal” será exibido na sexta-feira, 06 de Agosto, contando com uma apresentação no início da sessão e Q&A’s no final. O filme terá duas repetições nos dias 07 e 08 de Agosto.

Esta edição marca o regresso do festival ao formato presencial, uma vez que em 2020, a organização optou por realizar sessões online.

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade