Pedro Machado: "o Centro de Portugal gosta de inventar de forma calculista"

Pedro Machado: "o Centro de Portugal gosta de inventar de forma calculista"
O Turismo . PT

A Turismo Centro de Portugal (TCP) e a empresa O Valor do Tempo assinaram um protocolo para a realização de uma exposição itinerante, que irá mostrar os galardões que a entidade regional de turismo tem vindo a receber nos últimos anos.

 

Pedro Machado, Presidente da TCP, explicou durante a inauguração da exposição itinerante “Turismo Centro de Portugal - Um Roteiro pelo Crescimento e Consolidação de uma Marca", no Museu da Cerveja que “o António Quaresma desafiou-nos para fazermos uma coisa diferente e pensámos: vamos fazer uma activação da marca em moldes que não são os convencionais". Ou seja "decidimos mostrar que, hoje, há um destino, um território e uma marca que quer continuar o caminho do crescimento”, reforçou

A mostra, que inclui os vários prémios que a TCP tem vindo a conquistar ao longo dos anos, irá passar por vários espaços do grupo O Valor do Tempo, ficando no Museu da Cerveja até final de Agosto e, em Setembro, ruma ao Algarve. A chegada ao Museu do Pão, em Seia, será em Outubro e no mês seguinte à Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau, no Porto. A exposição termina em Dezembro na Pastelaria Peixinho, em Aveiro, cidade onde está sediada a Entidade Regional de Turismo.

O responsável da TCP, referindo-se ao Museu do Pão como um dos principais parceiros e embaixador da marca Centro de Portugal, afirmou que “aquilo que estamos aqui a fazer é a dizer que o Centro de Portugal gosta de inventar de forma calculista, para podermos inovar e mostrar que há aqui um trabalho com raiz, que está expresso nos resultados”, acrescentou Pedro Machado,

Na inauguração da exposição estiveram António Quaresma, fundador e proprietário do grupo O Valor do Tempo, mostrando-se honrado por receber a iniciativa nos espaços do grupo, justificando que “a sede do Museu da Cerveja está em Seia, na região Centro”.

António Quaresma assumiu ser “um beirão confesso", afirmando que "é um privilégio e um orgulho dizer que estes prémios, ganhos pela TCP são também um pouco nossos". O empresário disse aos jornalistas que no seu grupo "estamos muito atentos ao turismo", considerando que, no futuro, o crescimento turístico vai passar pelo interior centro, uma vez que "esperamos que Lisboa e Porto sejam apenas o showroom". No entanto não deixou de referir que a vai mostrar a marca Centro de Portugal "a 56 mil pessoas que passam por aqui" - Museu da Cerveja.

Para o Director do Art & Tur, Francisco Dias, a "Centro de Portugal já começa a ser uma marca na mente dos portugueses". O festival de cinema de turismo realiza-se este ano em Outubro, na cidade de Torres Vedras.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade