Algarve consolida resultados turísticos de 2018

O Algarve consolidou, em 2018, o desempenho turístico positivo registado ao longo dos últimos anos, com um aumento homólogo dos proveitos totais de 4,7%, para 1081 milhões de euros, e do número de hóspedes de 1,5%, para 4,2 milhões de hóspedes.

Estes são os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre a actividade turística, agora divulgados, que revelam ainda uma ligeira descida nas dormidas (-1%, para um total de 18,8 milhões de dormidas).


Para João Fernandes, presidente da Região de Turismo, “os resultados finais da atividade turística são francamente positivos, num ano que se antevia muito difícil para o turismo no Algarve”. E o dirigente acrescenta: “é importante realçar que a comparação apresentada pelo INE é feita em relação a 2017, o melhor ano de sempre do turismo na região, pelo que as metas atingidas em 2018 demonstram a forte resiliência de toda a estrutura do sector».


No que se refere aos proveitos registou-se um aumento de 6% a nível nacional, para 3,6 mil milhões, com o Algarve a representar uma quota de 30% e um total de 1081 milhões de euros (+4,7%).

 Na região, os proveitos por aposento atingiram os 790,7 milhões de euros, correspondendo a um crescimento de 3,4%.


Em território nacional os estabelecimentos de alojamento turístico, receberam um total de 21 milhões de hóspedes em 2018 (+1,7%), com o Algarve a conquistar uma quota de 20% e um total de 4,2 milhões de hóspedes (+1,5%), revelam os dados do INE.

No que se refere a dormidas, os estabelecimentos hoteleiros, a nível nacioinal, registaram um total de 57,6 milhões de dormidas, valor idêntico ao do ano anterior.

A quota de mercado na região algarvia ascendeu a 32,7%, totalizando 18,8 milhões de dormidas (-1%).

“De registar o desempenho positivo do mercado interno no Algarve, que registou um crescimento de 9,9% (a maior taxa de crescimento a nível nacional) e um total próximo dos 4,4 milhões de dormidas. Os estrangeiros totalizaram 14,4 milhões de pernoitas no destino em 2018 (-3,9%).”

Em 2018, o  Aeroporto Internacional de Faro atingiu um volume de passageiros movimentados perto dos 8,7 milhões, registando uma ligeira variação de meio ponto percentual abaixo dos resultados de 2018.

No entanto foi registado um desempenho positivo no volume de passageiros nacionais (+6,0%) e oriundos de mercados como a França (+26,0%) e a Irlanda (+2,2%). Igualmente positivo foi o resultado da Itália, cujo número de passageiros cresceu acima dos 200%. Em contraponto, foram registadas descidas em passageiros movimentados de mercados como Alemanha (-0,7%), Reino Unido (-5,7%) e Holanda (-6,1%), que continuam a ser os mercados que mais passageiros movimentam.

(Fonte: ANA – Aeroportos Algarve)


No golfe, os resultados voltaram a ser positivos, “registando um número de voltas acima dos 1,3 milhões, ligeiramente abaixo do ano passado (-0,9%).
Um aumento significativo do número de voltas foi registado nos meses de Novembro (+7,0%), Janeiro (+6,1%) e Fevereiro (+5,5%).”

(Fonte: Associação Algarve Gol

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade