Stacey Kent em Portugal para concertos em Lisboa, Porto, Faro e Figueira da Foz

Stacey Kent apresenta-se ao vivo em Portugal em quatro concertos de 29 de Outubro a 01 de Novembro.

Nos dias 29, 30 e 31 de Outubro Stacey Kent actuará, respectivamente no Centro Cultural de Belém, no Coliseu do Porto e no Teatro das Figuras em Faro.

A mini digressão terminará a 01 de Novembro no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz.

Stacey Kent iniciou a sua carreira musical como intérprete dos clássicos norte-americanos, actuando com um estilo intimista e emocionalmente inteligente

Sendo uma minimalista natural, conquistou uma legião de fãs com a sua abordagem "menos é mais".
Apesar de a sua música se ter envolvido mais com a música francesa e brasileira, a mesma intensidade tranquila que caracterizou a sua interpretação do Great American Songbook continuou a inspirar a sua prestação vocal.


Mágica é um dos adjectivos mais utilizados para descrever a cantora norte-americana que num português irrepreensível celebra a música de alguns dos seus ídolos, interpretando temas de Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Sérgio Mendes, Roberto Menescal e Marcos Valle, entre composições originais e alguns temas incontornáveis do jazz.

A acompanhá-la estará o marido, Jim Tomlinson (tenor saxofone, soprano saxofone e percussão), Graham Harvey (piano), Jeremy Brown (contrabaixo) e Josh Morrison (bateria e percussão).

Stacey Kent apresenta-se ao vivo em Portugal em quatro concertos de 29 de Outubro a 01 de Novembro.

Nos dias a 29, 30 e 31 de Outubro Stacey Kent passará pelo Centro Cultural de Belém, pelo Coliseu do Porto e pelo Teatro das Figuras em Faro. Esta mini digressão terminará a 01 de Novembro no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz.


Stacey Kent iniciou a sua carreira musical como intérprete dos clássicos norte-americanos, aplicando o seu estilo inconfundível, intimista e emocionalmente inteligente a um vasto repertório. Sendo uma minimalista natural, conquistou uma legião de fãs com a sua abordagem "menos é mais". Apesar de a sua música se ter envolvido mais com a música francesa e brasileira, a mesma intensidade tranquila que caracterizou a sua interpretação do Great American Songbook continuou a inspirar a sua prestação vocal.

Mágica é um dos adjectivos mais utilizados para descrever a cantora norte-americana que num português irrepreensível celebra a música de alguns dos seus ídolos, interpretando temas de Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Sérgio Mendes, Roberto Menescal e Marcos Valle, entre composições originais e alguns temas incontornáveis do jazz. A acompanhá-la estará o marido, Jim Tomlinson (tenor saxofone, soprano saxofone e percussão),

NOVO ÁLBUM "TENDERLY" CHEGA ÀS LOJAS DIA 13 DE NOVEMBRO

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade