Cascais recebe em Junho "ERP Remember Cascais"

Decorrerá em Junho a terceira edição do "ERP Remember Cascais", um festival que nos fará recuar e dançar ao som de alguns dos artistas com maior sucesso na década de 80.

Na sua terceira edição, o ERP-Remember Cascais recorda a década de 80 através de um evento capaz de atrair diferentes gerações.

Numa "onda de revivalismo" como foi indicado na apresentação desta edição, este festival surge inspirado em eventos ocorridos por toda a Europa sendo recordados os grandes êxitos da música dos anos 80.

O cartaz deste ano será composto por Rick Astley, Kim Wilde, Lena d´Água e Rock´n roll Station, Banarama, Billy Ocean e Barry White Show que prometem atraír muitos fãs de uma das melhores décadas da música mundial ao Hipódromo Manuel Possolo, na vila de Cascais nos dias 13 e 14 de Junho.

A década de 80 foi palco de uma conjuntura artística particularmente dinâmica e diversificada que marcou a todos aqueles que a tiveram oportunidade de a viver.

As "excentricidades estilísticas, o nem wave, as cores vibrantes", como é indicado na apresentação do festival, para além dos penteados ousados, os videoclips e os sons dançantes fazem dos anos 80 a década mais presente e revivida nos dias de hoje.

A escolha dos anos 80 como conceito integral deste festival prende‐se com o facto de esta ter sido uma década marcante tanto para o mundo, onde se assistiram a importantes mudanças nos campos político, social e cultural, como para as memórias de cada um.

A nível musical, foi nos anos 80 que o universo pop começou a ser fortemente marcado pela influência dos sons electrónicos, levando à "proliferação de um electro-pop que acabou por se tornar num dos grandes marcos da década" como refere a comunicação do próprio festival.

Para Ricardo Neto, da ERP (European Recycling Platform), "encaro esta edição com bastante expectativa, porque é a terceira edição que patrocinamos e só o fazemos porque encaramos quem teve um grande impacto na sensibilização para a reciclagem dos electrodomésticos e esse será o grande enfoque da edição desta edição".

O responsável não revelou qual o orçamento disponibilizado e descreveu a ERP como " uma entidade gestora de resíduos de equipamentos".

João Carvalho, da Palco Primavera, responsável pelo alinhamento do cartaz, referiu que "os critérios para esta edição é conseguir o maior numero de bandas com maior numero de hits e que continuam a ser recordadas nas pistas de dança e nas rádios temáticas dos anos 80". Lena d´Água apresentará "um novo projecto e recordará também todos os seus grandes êxitos" segundo João Carvalho.

No ano em que a vila de Cascais comemora 650 anos, o presidente da autarquia Carlos Carreira revelou ao Jornal Hardmúsica que "nestas noites somos mesmo o melhor local para se viver, depois somos o local das mil sensações e o ERP Remember permitir recordar algumas dessas sensações pois para os da minha geração permite recordar a nossa adolescência".

Depois de nas edições anteriores se ter realizado em Setembro, este ano será em Junho o que "até é melhor pois antecipamos o verão e ao mesmo tempo juntamos com as nossas comemorações dos 650 anos da Vila de Cascais" rematou Carlos Carreiras.

O ERP Remember Cascais é, por isso, bem mais do que um festival de música, é um festival de memórias a acontecer ao som de um encontro de gerações.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade