Portugal registou 4,3 milhões de dormidas em Fevereiro, mas com a Madeira em queda

por: António Manuel Teixeira
Portugal registou 4,3 milhões de dormidas em Fevereiro, mas com a Madeira em queda
O Turismo PT

Portugal registou 1,8 milhões de hóspedes e 4,3 milhões de dormidas em Fevereiro deste ano, registando um crescimento homólogo de 7% e 6,4%, respectivamente, segundo estimativa divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

As dormidas no sector do turismo voltam, assim, a crescer, após uma ligeira queda registada em Janeiro, algo que não acontecia desde o segundo trimestre de 2021.

A suportar a recuperação registada em Fevereiro esteve o crescimento das dormidas de não residentes, que subiram 8,1% face a igual mês de 2024, contrariando a trajectória de abrandamento dos últimos três meses e totalizando 2,9 milhões. Já as dormidas de residentes cresceram 3,1% no mesmo período, para 1,4 milhões, noticiou o ECO.

Entre os dez principais mercados emissores, o britânico foi o principal com 17%, com um crescimento de 9,4%, seguido da Alemanha que registou 11,4% da ocupação, que cresceu 8,5%. No entanto França, o quarto maior, registou um decréscimo de 13,3%.

Todas as regiões registaram acréscimo de dormidas, com maior expressão na Grande Lisboa com 29%, o Algarve nos 19,1% e o Norte  a alcançar os 17,6%. O Oeste e Vale do Tejo creceu 17,2% e os Açores 14,0%, também a Península de Setúbal com um bom resultado subindo 9,1%. Embora com menor número de turistas, as regiões do Alentejo e do Centro também registaram um aumento de 1,5% no Alentejo e 1.7% no Centro. A supresa vem com a queda de 9.8% da Madeira.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways