United Hotels of Portugal vendeu mais de 170.000 dormidas em Fátima em 2023

por: António Manuel Teixeira
United Hotels of Portugal vendeu mais de 170.000 dormidas em Fátima em 2023
United Hotels of Portugal

De acordo com os resultados preliminares da actividade turística em 2023, publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), Fátima foi o destino nacional com maior crescimento a nível de dormidas. 

No concelho de Ourém, a que os dados se referem, as dormidas estão concentradas maioritariamente em Fátima, que acolhe o grosso da oferta hoteleira do município. 

Entre Janeiro e Dezembro de 2023, Fátima apresentou um crescimento de 33% nas dormidas em estabelecimentos de alojamento turístico face a 2022. A nível nacional, o crescimento médio foi de 11%.

Ao todo, Fátima atingiu mais de um milhão e 150 mil noites em 2023, número acima do período pandémico e de 2019, apenas superado em 2017.

Internacionalização continua alta e turismo de residentes bate recordes

 

Os dados do INE dão conta de uma realidade marcada por um alto nível de internacionalização. Em 2023, os turistas não residentes foram responsáveis por 65% das dormidas em Fátima, um total de 751 mil noites. O número de dormidas de turistas não residentes supera todos os valores pandémicos e pré-pandémicos, com exceção do valor máximo registado em 2017.

No capítulo dos residentes, Fátima bateu todos os recordes. Os alojamentos da região venderam 399.144 noites, um número sem precedentes.

 

Resultados da United Hotels of Portugal

Através da marca Fátima Hotels Group, a United Hotels of Portugal vendeu mais de 170.000 dormidas em Fátima.

Este número representa mais de metade do número de dormidas nos hotéis representados pela empresa, que venderam um total de 260.000 noites em 2023.

As unidades representadas pela United Hotels of Portugal registaram resultados muito positivos e temos expectativas optimistas para 2024, ano que esperamos um crescimento forte com novos factores de influência, como o maior peso do mercado asiático e a recuperação do mercado brasileiro”, refere Alexandre Marto Pereira, CEO do grupo hoteleiro

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways