Aethos Ericeira vocacionado para surfistas

por: António Manuel Teixeira
Aethos Ericeira vocacionado para surfistas
Publituris

O grupo hoteleiro Aethos abriu a sua primeira unidade em Portugal a 01 de Setembro, na Eiriceira, especialmente vocacionado para surfistas.

O hotel, dirigido “à nova geração de viajantes de luxo”, como se pode ler em comunicado citado pelo Publituris, tinha abertura prevista para Julho deste ano.

Localizado numa falésia, a poucos metros do mar, o hotel é tem 46 quartos e quatro suites, inspirandos na natureza e no Oceano com o intuito de se dirigir aos surfistas, o seu público alvo.

Com estes clientes em mente, o Aethos Ericeira dispõe de um espaço individual para armazenar pranchas e fatos, além de um concierge de surf, que indica os melhores locais para surfar à distância de uma notificação no telemóvel. Estão ainda incluídas aulas diárias de surf, bem como aulas adicionais para famílias ou grupos, com um instrutor privado, mediante reserva numa plataforma dedicada para o efeito.

Aethos Ericeira

Dedicado no bem-estar físico e mental, o alojamento turístico conta com um spa com piscina de água salgada aquecida, sauna, jacuzzi hammam, salas de tratamento e um ginásio com produtos orgânicos da marca sueca “Under Your Skin”. Para melhorar, ainda mais, a mente e o corpo, estão à disposição aulas de diárias de yoga e meditação e a disponibilização de bicicletas e buggies para explorar a propriedade, a par de refeições saudáveis servidas no ONDA, o restaurante do Aethos Ericeira, cujos menus assinados pelo chef Afonso Blazquez privilegiam ingredientes locais e saudáveis.

O projecto de arquitetura e design de interiores é da reponsabilidade do Astet Studio, um gabinete de Barcelona, e do arquitceto português Luís Pedra Silva. O Atlier criou um espaço harmonioso com a natureza envolvente, fazendo uso de materiais como madeiras, peles, veludos, tapetes e mármore. O objectivo passou por criar “um projecto de design de interiores descontraído”, dirigido a uma comunidade jovem de “nómadas que adoram surfar, mas também apreciam um luxo descomplicado”, explica Ala Zreigat, um dos fundadores do Astet Studio, em comunicado, citado pelo Publituris.

Um dos grandes desafios foi fazer com que o espaço funcionasse em todas as estações do ano, e não só no verão, mas acho que conseguimos resolver esse desafio ao propor um diálogo entre materiais frios e quentes”, afirma Ala Zreigat, um dos fundadores do Astet Studio.

Para o interior, escolheram-se materiais naturais e uma conjugação de móveis modernos e vintage para criar espaços descontraídos e elegantes. "A proposta é muito eclética. Sente-se que pertence ao contexto, mas que tem também um lado internacional forte, onde qualquer pessoa de qualquer lado se pode sentir feliz e relaxada, sem se sentir desajustada", garante Zreigat.

Com hotéis em Itália e França e propriedades em Espanha e Suíça a abrirem brevemente, este hotel marca a estreia do Aethos em Portugal - está previsto um outro hotel em Lisboa. "Queremos ser um reflexo autêntico da comunidade local, daí todas as nossas localizações serem completamente diferentes umas das outras. Uma das únicas coisas que têm em comum, contudo, é o facto de estar sempre qualquer coisa a acontecer; há sempre uma razão para estar ali", diz Benjamin Habbel, fundador e CEO do grupo Aethos.

As tarifas de abertura do Aethos Ericeira começam nos 200 euros e as reservas podem ser feitas directamente para o hotel.

Experiências como aulas de grupo ou privadas de surf, yoga, meditação, piqueniques, workshops de mixologia, provas de vinhos e massagens estão apenas por marcação,

QATAR turismo

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade