Accor perdeu 1.988 Milhões de euros em 2020

Accor perdeu 1.988 Milhões de euros em 2020
Divulgação

As reservas da companhia desceram em 60% até aos 1621 milhões e o encerramento de 2020, contava com um portofolio de 753.344 quartos em 5.139 hoteis.

 
O grupo hoteleiro Accor registou no ano passado perdas brutas de 1988 milhões de euros, face ao benefício de 464 milhões de euros registados em 2019, segundo os dados hoje conhecidos.


Deste modo em 2020 as reservas da companhia desceram 60% até aos 1621 milhões tendo registado algumas perdas antes de interesses e impostos (Ebitda) de 391 milhões de euros, face a uma benefício de 825 milhões de euros em 2019.

A companhia explicou num comunicado como em contexto de pandemia mundial, o RevPAR reduziu 62,0% no exercício passado.

“Esta importante diminuição reflecte o dramático deterioramento da indústria vinculado à propagação do vírus Covid-19 em todo o mundo, bem como medidas de bloqueio e encerramento de fronteiras implementadas por governos de todo o mundo” indica.

Segundo o Hosteltur “Em 2020 a industria hoteleira atravessou uma crise sem precedentes” recordou Sebastien Bazin, presidente e director executivo da Accor, que lembrou que a implementação de medidas por parte do grupo para proteger as finanças” foi rápida e disciplinada” tendo incidido  nas seguintes medidas” geraram benefícios durante a segunda metade do ano e ajudaram a limitar o impacto da pandemia”.

Por outro lado os novos negócios como o aluguer de vivendas de luxo, as vendas privadas de estadais em hoteis de luxo e serviços digitais para hotéis geraram reservas de 91 milhões de euros.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade