Grupo Accor aposta numa recepção sem balcão

A nova aposta do grupo Accor: hotéis sem balcão de recepção umnovo modelo de check-in, 100% móvel e centrado nas pessoas

 

O Grupo aposta na “transformação da experiência dos seus clientes, através de uma nova forma de acolhimento.”

Um acolhimento mais próximo e móvel, mais personalizado sem dúvida, com o  check-in a poder concretizar-se em qualquer espaço do hotel, “sem as barreiras físicas do acolhimento convencional no balcão de recepção.”

Continuando o seu plano de inovação e com o objectivo de melhorar a “experiência do cliente nos seus hotéis,” a Accor reinventa o conceito tradicional de check-in com o lançamento e implementação da Fols Mobile, uma aplicação própria que permite “às equipas dos hotéis receber os hóspedes de uma maneira próxima, personalizada, ágil e móvel, a partir de qualquer ponto do hotel.”

Deste modo é reinventado o clássico conceito de receber um novo hóspede atrás de um balcão. À chegada, “um membro da equipa vai ao encontro do hóspede para recebê-lo proactivamente, e completar os trâmites de registo no bar, onde o cliente pode desfrutar de uma bebida após uma longa viagem, nos confortáveis cadeirões do hall ou sentado tranquilamente no sofá.”

Mercure Porto Centro é o primeiro hotel sem balcão de receção em Portugal

Este sistema permite aos clientes desfrutar dos espaços comuns do hotel desde o primeiro minuto, e ter um acolhimento personalizado, centrado nas suas necessidades em vez do tradicional atendimento ao balcão da receção do hotel. Ao mesmo tempo, embora este novo formato de boas-vindas exija às equipas o desenvolvimento de novas competências, permite-lhes centrar-se no que realmente importa, aumentando a interacção com os hóspedes”, aponta Rui Cruz, Director do hotel Mercure Porto Centro.

Em Portugal, o hotel Mercure Porto Centro, em pleno centro da cidade e parcialmente renovado, é a primeira unidade do Grupo com este inovador serviço de check-in 100% móvel.

Este novo formato de boas-vindas, já implementado em 250 hotéis Accor, requer “o uso de smartphones ou tablets e a solução patenteada PSM FOLS Mobile que permite realizar todos os trâmites do check-in de forma ágil e eficiente, incluindo a digitalização dos documentos necessários para o registo dos clientes.”

No entanto a tecnologia nem sempre consegue substituir na integra o contacto humano.
A opinião de 61% dos entrevistados num estudo realizado pela Ipsos para a Accor, revela que preferem falar com uma pessoa real em vez de usar a tecnologia para fazer o check-in e o check-out.


Esta nova maneira de receber as pessoas implica uma evolução no espaço físico de entrada. Assim, progressivamente, os hotéis estão a suprimir os espaços clássicos de receção substituindo-os por amplas zonas, onde o hóspede pode ter a sensação de chegar a casa e ser recebido sem necessidade de aproximar-se de um balcão para ser atendido.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade