Íbis Music estreou-se em Lisboa com dois concertos

Íbis Music estreou-se em Lisboa com dois concertos
O Turismo.pt

A marca Ibis apresentou hoje em Lisboa o seu novo conceito, Íbis Music, com as actuações de Monday e Vaarwell.

A marca Íbis estreou hoje no Hotel da José Malhoa, em Lisboa, os concertos intimistas. Trata-se de uma forma de aproximar o público jovem à marca. 

A apresentação dos dois concertos esteve a cargo de Diogo Dias.

As bandas que hoje se apresentaram no Ibis Music na José Malhoa, eram duas bandas jovens, por acaso duas irmãs, que se actuaram e actuam individualmente.
Diogo Dias, o apresentador de serviço, deu alguns dados sobre esta primeira concorrente, Catarina Falcão, com o seu projecto Monday.

Mas a título de introdução Laura Alves, a brand manager da Ibis, falou desta nova vertente do grupo hoteleiro, lembrando que a 23  de Maio serão apresentados mais dois grupos no Parque das Nações e a 30 de Maio será a vez de Gaia receber mais dois candidatos ao prémio final, que segundo Laura Dias será um contrato da Sony Music.

Foram dois os agrupamentos que actuaram neste que foi o primeiro Ibis Music em Portugal. Catarina Falcão, Monday, senhora de uma voz equilibrada, afinada, trouxe a suavidade de temas em inglês , que retratam questões do quotiidiano.

Margarida Falcão, apresentou o trio Vaarwell, que integra além dela, Luis Monteiro e Ricardo Neves. Esta actuação trouxe ritmos com sonoridades africanas, temas cantados em inglês, pouco perceptiveis talvez pela qualidade do som.,


Este projecto da cadeia Ibis, anunciado há alguns meses, cumpre o objectivo que se propõe, porque a número de jovens que enchiam o átrio do José Malhoa era muito considerável. É sem dúvida uma forma de atrair os mais jovens aos espaços dos Ibis, onde de projecto em projecto os mais jovens juntam os seus sonhos aos de outros jovens que talvez assim não tivessem oportunidade de o fazer.

Os dois grupos que acturam já têm algum percurso artístico mas talvez muitos dos que encheram o átrio do Ibis José Malhoa nunca os tivessem ouvido.

Este projecto da cadeia Ibis, porque diferente, cria mais uma vertente, agora artística e musical, nas muitas que a Ibis tem vindo a desenvolver.

No entanto o objectivo parece estar a resultar pelo que nos foi dado constatar. Trazer jovens aos espaços Ibis oferecendo música para jovens.

Por outro lado dar oportunidade a músicos jovens de serem conhecidos e projectarem os seu sonhos de forma a poderem torná-los uma realidade.

Mídia

O Turismo.PT
Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade